Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/1493
metadata.dc.type: Dissertação
Title: O mercado imobiliário vende felicidade? Caracterização das áreas de lazer dos edifícios verticais multifamiliares em Maceió-AL (2010-2015)
Other Titles: The real estate market sells happiness? Characterization of the recreational areas of multifamily buildings vertical in Maceió-AL (2010-2015)
metadata.dc.creator: Coutinho, Marta Cristina Cavalcante
metadata.dc.contributor.advisor1: Toledo, Alexandre Márcio
metadata.dc.contributor.referee1: Araújo, Cristina Pereira de
metadata.dc.contributor.referee2: Oiticica, Maria Lúcia Gondim da Rosa
metadata.dc.contributor.referee3: Hidaka, Lúcia Tone Ferreira
metadata.dc.description.resumo: As áreas comuns dos edifícios verticais multifamiliares contemporâneos apresentam quantidade cada vez maior de ambientes de lazer. Essa pode ser uma resposta às demandas da sociedade de consumo, cujas novas necessidades que surgem a todo instante exigem novas mercadorias que se convertem em novas necessidades e desejos. O mercado imobiliário trabalha com os atributos dos imóveis em busca da consolidação das vendas, destacando-se aqueles relacionados com o estilo e a qualidade de vida desejados pelos compradores. A mídia opera com o valor de signo vendendo sonhos, estilo de vida, lazer, ambiente saudável, sossego, segurança, prestígio, nobreza, exclusividade e felicidade. O que o mercado imobiliário oferece como ambientes de lazer nos edifícios verticais multifamiliares? O objetivo dessa dissertação de mestrado é caracterizar a abrangência e a configuração dos ambientes e das áreas de lazer localizadas nas áreas comuns dos edifícios verticais multifamiliares, na cidade de Maceió/AL. Selecionaram-se, como objeto de estudo, 31 edifícios de sete construtoras que atuam na cidade, entregues ou em lançamento no período de 2010 até 2015, por meio de portfólios disponibilizados na internet. Separaram-se esses edifícios em 3 grupamentos, de acordo com a área de suas unidades habitacionais (UH), utilizando-se como base o Índice de Velocidade de Vendas (IVV), disponibilizado pelo SINDUSCON-AL: GRUPAMENTO A (8 edifícios e 3 condomínios) – UH até 70m²; GRUPAMENTO B (8 edifícios e 1 condomínio) – UH de 51m² até 150m²; e GRUPAMENTO C (10 edifícios e 1 condomínio) – UH acima de 101m². Agruparam-se os ambientes de lazer encontrados em quatro grupos: infantil, juvenil, adulto e compartilhado. Verificou-se que os ambientes adultos e compartilhados, ocorrem em toda a mostra, com maior frequência para espaço fitness e salão de festas ou espaço gourmet. Constatou-se que a maioria dos ambientes de lazer se localiza no pavimento pilotis/térreo dos edifícios, havendo também ambientes na cobertura e no mezanino e ocasionalmente no subsolo. Identificaram-se 5 tipos de localização e organização espacial para as áreas de lazer dos edifícios verticais multifamiliares: TIPO 1 - Área de lazer no pavimento térreo/pilotis com o ambiente piscina adulto; TIPO 2 - Área de lazer no pavimento térreo/pilotis sem piscina; TIPO 3 - Área de lazer no pavimento térreo/pilotis e no mezanino; TIPO 4 - Área de lazer nos pavimentos térreo/pilotis e cobertura; TIPO 5 – área de lazer tipo clube. Verificou-se que o índice de lazer, área de lazer total dividido pelo número provável de moradores por edifício, possui média crescente, de acordo com o aumento da área das unidades habitacionais dos edifícios pertencentes a cada grupamento: GRUPAMENTO A – 0,54m²/morador; GRUPAMENTO B – 1,06m²/morador; e GRUPAMENTO C – 1,11m²/morador. O fato de todos os edifícios pesquisados possuírem áreas de lazer, independente da faixa de área das unidades habitacionais, aponta para uma tendência contemporânea de oferta para essa tipologia, seja para utilização pelos moradores, ou para ser vendida como símbolo de status e felicidade.
Abstract: The common areas of contemporary vertical multifamily buildings have increasing amount of leisure environments. This may be a response to the demands of the consumer society, whose new needs that arise at all times require new merchandise that convert to new needs and desires. The real estate market works with the attributes of real estate in search of sales consolidation, especially those related to the style and quality of life desired by buyers. Media operates the sign value selling dreams, lifestyle, leisure, healthy environment, peace, security, prestige, nobility, exclusive and happiness. What does the real estate market offer as leisure environments in vertical buildings multifamily? The objective of this master’s dissertation is to characterize the extent and configuration of leisure environments and leisure areas located in common areas of multifamily vertical buildings in the city of Maceio / AL. As an object of study, were selected 31 buildings of seven construction companies operating in the city, delivered or launched over the period from 2010 to 2015, through portfolios available on the internet. The buildings were separated in three groups, according to the area of their housing units (HU), using as basis the Sales Speed Index (IVV), provided by SINDUSCON-AL: GROUPING A (8 buildings and 3 condos) - HU to 70m²; GROUNPING B (8 buildings and 1 condominium) – HU 51m² to 150m²; and GROUNPING C (10 buildings and 1 condominium) - HU above 101m². The leisure environments found were grouped in four groups: children, teen, adult and shared. It was found that adults and shared environments, occur throughout the sample, most often for fitness space and parties room or gourmet space. It was found that most leisure environments are located on ground floor / pilotis of the buildings, and there are also environments on the roof floor and on the mezzanine and occasionally underground floor. There are five types of location and spatial organization for leisure areas of multifamily vertical buildings: TYPE 1 - Leisure area on the ground floor / pilotis with the adult pool environment; TYPE 2 - Leisure area on the ground floor / pilotis without pool environment; TYPE 3 – Leisure area on the ground floor / pilotis and mezzanine; TYPE 4 - Leisure area in the ground floor / pilotis and roof floor; TYPE 5 - Leisure area type club. It was found that leisure index, total leisure area divided by the likely number of residents per building, has increased average, according to the increase in the area of housing units in buildings belonging to each grouping: GROUNPING A - 0,54m²/resident; GROUNPING B - 1,06m²/resident; and GROUNPING C - 1,11m²/resident. The fact that all the buildings researched having leisure areas, regardless of the range area of housing units, points to a contemporary tendency to offer to this typology, is for use by residents, or to be sold as symbol of status and happiness.
Keywords: Arquitetura de habitação – Maceió (AL)
Edifícios multifamiliares
Ambientes de lazer
Mercado imobiliário
Housing Architecture - Maceió (AL)
Multifamily buildings
Leisure environments
Real estate market
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo
Citation: COUTINHO, Marta Cristina Cavalcante. O mercado imobiliário vende felicidade? caracterização das áreas de lazer dos edifícios verticais multifamiliares em Maceió-AL (2010-2015). 2016. 173 f. Dissertação (Mestrado em Dinâmicas do Espaço Habitado) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal de Alagaos, Maceió, 2016.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/1493
Issue Date: 8-Aug-2016
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - FAU



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.