00 CAMPUS ARISTÓTELES CALAZANS SIMÕES (CAMPUS A. C. SIMÕES) EENF - ESCOLA DE ENFERMAGEM TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO - EENF Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) - Graduação - ENFERMAGEM - EENF
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufal.br/jspui/handle/riufal/6757
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Espiritualidade do casal na gravidez: uma estratégia de cuidado para a enfermagem
Autor(es): Santos, Larissa Thaís Omena dos
Primeiro Orientador: Albuquerque, Maria Cicera dos Santos de
metadata.dc.contributor.referee1: Santos, Amuzza Aylla Pereira dos
metadata.dc.contributor.referee2: Alves, Verônica de Medeiros
Resumo: Introdução: A espiritualidade e saúde mais precisamente nos tempos hodiernos vêm estreitando laços em diversas condições de saúde. De fato, entre as situações onde a espiritualidade ascende, a gravidez surge como uma proposta para que a enfermagem a utilize na mulher grávida e parceiro sexual para o enfrentamento de todas as particularidades dessa condição. Objetivo: Analisar os estudos sobre a espiritualidade das mulheres grávidas e parceiros sexuais diante do cuidado de enfermagem. Metodologia: Fomenta-se uma revisão integrativa exploratória e qualitativa com estudos primários nos idiomas inglês, português e espanhol, publicados entre 2000 e 2019 e que abordaram a espiritualidade da mulher grávida e parceiro sexual no contexto da enfermagem. A busca ocorreu no período de dezembro de 2019 e foram considerados descritores controlados, como “Gravidez”, “Parceiros Sexuais”, “Espiritualidade” e “Enfermagem”, palavras-chave e seus sinônimos com os termos booleanos AND e NOT. Os estudos foram extraídos do portal da BVS agregando as bases LILACS, MEDLINE, BDENF, MOSAICO, IRIS – PAHO e Coleciona SUS, CINAHL, PsycInfo, WOS, central da colaboração Cochrane, Embase e MEDLINE via PUBMED. Resultados e discussão: A seleção ocorreu por meio da recomendação PRISMA, desta forma, dos 684 relatos identificados, onze artigos foram selecionados para análise. Os achados principais mostram que 64% dos estudos selecionados correspondem ao continente asiático, 64% foram periódicos de obstetrícia e 55% obtiveram na amostra mulheres com gravidez considerada de alto risco para o Ministério da Saúde do Brasil. Os estudos foram avaliados e categorizados em uma categoria principal intitulada como “Influência da espiritualidade nas condutas dos pais durante a gravidez” e quatorze subcategorias: “Gravidez para a manutenção da ligação das gerações com os ancestrais”, “Gravidez como misericórdia de Deus”, “Apoio espiritual oferecido por pessoas próximas”, “Mantra como prática de autocontrole no parto e pós-parto e para uma melhor relação com os profissionais durante o parto”, “Confiança de que Deus está no controle da gravidez, parto e bebê”, “Gratidão a Deus pela gravidez”, “Gravidez e filho como dons divinos”, “Abstinência de alguns comportamentos em vista do bebê”, “Praticar boas ações para que o bebê também seja beneficiado”, “Espiritualidade do nascituro”, “Oração para vencer as dificuldades”, “Posição de oposição ou apoio ao aborto”, “Ir a templos sagrados”, “Causa e efeito na relação desta vida, vidas anteriores e espíritos que faleceram com o benefício ou prejuízo da gestação, parto e bebê”; com relação ao contexto da enfermagem, o enfermeiro foi colocado como um profissional de liderança, que fornece apoio e informações necessárias aos pacientes, entretanto, não foi visto fornecendo suporte espiritual para o casal grávido. Apesar de apenas um estudo fornecer um forte nível de evidência e grau de recomendação, é verificável a singularidade da revisão, pois não foi encontrado nenhum trabalho que tivesse como objetivo abordar a espiritualidade dos casais no período gestacional, sendo de extrema importância uma revisão interativa a esse respeito para apontar as lacunas de conhecimento. Os artigos apresentados lançam temáticas comuns, mas é importante haver novas pesquisas que abordem mais precisamente a complexidade da espiritualidade dos casais na gestação. Conclusão: Existem poucos estudos sobre espiritualidade na área da saúde envolvendo o casal grávido. Considera-se que este estudo cooperará na investigação do cuidado de enfermagem na espiritualidade, além de apontar as crenças desses casais para que se compreenda a influência da espiritualidade nas condutas dos pais e profissionais de saúde.
Abstract: Introduction: Spirituality and health, more precisely in current times have been strengthening ties in several health conditions, in fact, among situations where spirituality lights up, pregnancy emerges as a proposal for nursing to use it in pregnant women and sexual partners for confrontation with all the peculiarities of this condition. Objective: Analyse studies on the spirituality of pregnant women and their sexual partners in the face of nursing care. Methodology: An exploratory and qualitative integrative review with primary studies in English, Portuguese and Spanish, published between 2000 and 2019, which addressed pregnant women's spirituality and their sexual partners in the face of nursing care. The search occurred in the period of December 2019 and controlled descriptors were considered, such as "Pregnancy", "Sexual Partners", "Spirituality" and "Nursing", keywords and their synonyms with the Boolean terms AND and NOT. The studies were extracted from the BVS portal databases, adding the LILACS, MEDLINE, BDENF, MOSAICO, IRIS - PAHO databases and Coleciona SUS, CINAHL, PsycInfo, WOS, central to collaboration Cochrane, Embase and MEDLINE via PUBMED. Results and discussion: The selection took place through the PRISMA recommendation, thus, out of 684 reports identified, eleven articles were selected for analysis. The main findings show that 64% of the selected studies correspond to the Asian continent, 64% were obstetrics periodicals and 55% obtained in the sample women with pregnancy considered high risk for the Brazilian Ministry of Health. The studies were evaluated and categorized in a principal category entitled "Influence of spirituality on parents behaviors during pregnancy" and fourteen subcategories: "Pregnancy for the maintenance of the link between generations and ancestors", "Pregnancy as God's mercy", "Spiritual support offered by people close to us", "Mantra as a practice of self-control in childbirth and postpartum and for a better relationship with professionals during childbirth", "Confidence that God is in control of pregnancy, childbirth and baby", "Gratitude to God for pregnancy", "Pregnancy and child as divine gifts", "Abstinence of some behaviors in view of the baby", "Practicing good deeds so that the baby is also benefited", "Spirituality of the unborn child", "Prayer to overcome difficulties", "Position of opposition or support to abortion", "Going to sacred temples", "Cause and effect on the relation of this life, previous lives and spirits that died with the benefit or damage of pregnancy, birth and baby"; regarding to nursing context, the nurse was placed as a leading professional, providing support and necessary information to patients, however, he/she was not seen providing spiritual support for the pregnant couple. Although only one study provides a strong level of evidence and degree of recommendation, the uniqueness of the review is verifiable, as no work was found that aimed to address the spirituality of couples during pregnancy, and an interactive review is extremely important this respect to point out the knowledge gaps. The articles presented launch common themes, but it is important to have new research that addresses the complexity of couples' spirituality during pregnancy more precisely the complexity of the spirituality of couples in pregnancy. Conclusion: There are few studies on spirituality in the health area involving pregnant couples to investigate the influence of spirituality on parents and health professionals' behaviors. It is considered that this study will cooperate in the investigation of the nursing care in spirituality, in addition to pointing out the beliefs of these couples.
Palavras-chave: Espiritualidade
Grávidas
Cuidados de enfermagem
Pregnant Woman
Sexual Partners
Couple
Spirituality
Nursing
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Alagoas
Sigla da Instituição: UFAL
metadata.dc.publisher.department: Curso de Enfermagem
Citação: SANTOS, Larissa Thaís Omena dos. Espiritualidade do casal na gravidez: uma estratégia de cuidado para a enfermagem. 2020. 57 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem) - Escola de Enfermagem, Curso de Enfermagem, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2020.
Tipo de Acesso: Acesso Embargado
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/6757
Data do documento: 28-fev-2020
Aparece nas coleções:Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) - Graduação - ENFERMAGEM - EENF

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Espiritualidade do casal na gravidez: uma estratégia de cuidado para a enfermagem.pdf736.97 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.