00 CAMPUS ARISTÓTELES CALAZANS SIMÕES (CAMPUS A. C. SIMÕES) 03 HUPAA - HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PROFESSOR ALBERTO ANTUNES - UFAL TRABALHOS DE CONCLUSÃO DAS RESIDÊNCIAS (TCRs) - HUPAA Trabalhos de Conclusão da Residência Multiprofissional em Saúde - HUPAA
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufal.br/jspui/handle/123456789/8101
Tipo: Trabalho de Conclusão de Residência
Título: Avaliação da qualidade de vida entre residentes de um hospital universitário do nordeste brasileiro
Autor(es): Araújo, Lydia Vanessa Nascimento
Primeiro Orientador: Vasconcelos, Sandra Mary Lima
metadata.dc.contributor.referee1: Moura, Fabiana Andréa
metadata.dc.contributor.referee2: Melo, Janatar Stella Vasconcelos de
Resumo: A rotina de trabalho intenso das residências e fatores laborais inerentes à área de saúde contribuem para alterações no padrão de vida, rotina e sono dos residentes. O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade de vida entre profissionais da saúde inseridos nos programas de residência do Hospital Universitário da Universidade Federal de Alagoas. Pesquisa qualitativa, do tipo transversal, realizada com residentes atuantes no Hospital Universitário Professor Alberto Antunes da Universidade Federal de Alagoas (HUPAA/UFAL), no período de dezembro de 2019 a janeiro de 2020. Foi aplicado um questionário online via e-mail, no qual continha o Questionário sociodemográfico e comportamental e o Instrumento de Avaliação de Qualidade de Vida - WHOQOL – bref. Foram entrevistados 66 residentes, com predominância do sexo feminino (78,8%), média de idade de 28 ± 3,23 anos, sendo 80,3% solteiros (as). 53¨% residentes afirmaram a prática de atividade física, 83,3% negou o consumo de bebidas alcoólicas, e 95,5% o uso de tabaco, além da média de 6 ± 0,91 horas de sono por dia. Sobre o WHOQOL-bref, o sexo masculino apresentou melhor qualidade de vida em todos os domínios (71,6%). Os residentes de Psicologia apresentaram maior qualidade de vida, com média de 3,78 (75,6 %) em relação aos demais, já os de Farmácia apresentaram menor qualidade de vida, com média de 3 (60 %). Na avaliação geral eles apresentaram pontuação de 3,35 (67%). Sendo assim, a qualidade de vida dos residentes caracterizou-se como regular, e observa-se a importância da reflexão sobre medidas de intervenção para melhorar, recuperar e promover a qualidade de vida dos mesmos.
Abstract: The intense work routine of the residences and work factors inherent to the health area contribute to changes in the residents' standard of living, routine and sleep. The objective of this work was to evaluate the quality of life among health professionals inserted in the residency programs of the University Hospital of the Federal University of Alagoas. Qualitative, cross-sectional research conducted with resident professionals working at the Professor Alberto Antunes University Hospital of the Federal University of Alagoas (HUPAA/UFAL), from December 2019 to January 2020. An online questionnaire was applied via e-mail, which contained the sociodemographic and behavioral questionnaire and the Quality of Life Assessment Instrument - WHOQOL - bref. 66 residents were interviewed, with a predominance of females (78.8%), with an average age of 28 ± 3.23 years, 80.3% of whom were single. 53¨% residents affirmed the practice of physical activity, 83.3% denied the consumption of alcoholic beverages, and 95.5% the use of tobacco. They had an average of 6 ± 0.91 hours of sleep per day, and 75.8% of residents said they spent less than an hour to reach their destination. Regarding the WHOQOL-bref assessment, the male gender had a better quality of life in all domains (71.6%). Psychology residents had a higher quality of life, with an average of 3.78 (75.6%) compared to the others, whereas Pharmacy residents had a lower quality of life in the analysis, with an average of 3 (60%). In the general evaluation, they had a score of 3.35 (67%) on the WHOQOL-bref rating scale. Thus, the residents' quality of life was characterized as regular, and the importance of reflecting on intervention measures to improve, recover and promote their quality of life is observed.
Palavras-chave: Qualidade de vida
Residência não médica não odontológica
Residência médica
Quality of Life
Internship nonmedical
Internship and Residency
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO::ANALISE NUTRICIONAL DE POPULACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Alagoas
Sigla da Instituição: UFAL
metadata.dc.publisher.department: Programa de Residência Multiprofissional em Saúde
Citação: ARAÚJO, Lydia Vanessa Nascimento. Avaliação da qualidade de vida entre residentes de um hospital universitário do nordeste brasileiro. 2021. 20 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Residência Multiprofissional em Saúde do Adulto e do Idoso) – Hospital Universitário Professor Alberto Antunes, Programa de Residência Multiprofissional em Saúde, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2020.
Tipo de Acesso: Acesso Embargado
URI: http://www.repositorio.ufal.br/jspui/handle/123456789/8101
Data do documento: 27-fev-2020
Aparece nas coleções:Trabalhos de Conclusão da Residência Multiprofissional em Saúde - HUPAA

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Avaliação da qualidade de vida entre residentes de um hospital universitário do nordeste brasileiro.pdf
  Until 2022-10-28
578.79 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.