Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/710
metadata.dc.type: Dissertação
Title: A localização dos pobres nas cidades brasileiras : um estudo sobre a situação dos assentamentos humanos às margens da lagoa Mundaú em Maceió, Alagoas.
Other Titles: The location of the poor people in brasilians cities: a study about the situation of human settlements on the banks of the Mundaú Lagoon, in Maceió, Alagoas.
metadata.dc.creator: Melo, Taina Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Lins, Regina Dulce Barbosa
metadata.dc.contributor.referee1: Martins, Maria Lucia Refinetti Rodrigues
metadata.dc.contributor.referee2: Barbirato, Gianna Melo
metadata.dc.contributor.referee3: Cavalcanti, Veronica Robalinho
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho tem por tema geral as soluções-localizações encontradas pela população mais pobre nas cidades brasileiras para moradia. Aborda-se especificamente a apropriação de áreas ambientalmente frágeis em meios urbanos para aquele fim, mais precisamente, as margens de corpos d água urbanas, bem como os conflitos (sociais, ambientais e, conseqüentemente, políticos) que envolvem tais situações. A pesquisa consiste em um estudo de caso, que tem por objeto empírico a situação dos assentamentos humanos às margens da lagoa Mundaú, em Maceió, capital de Alagoas e parte da hipótese de que a questão ambiental urbana é antes de tudo um problema de moradia e de adoção de políticas que possibilite o acesso da maioria da população a uma moradia adequada. (MARTINS 2002, p.126) A discussão trata inicialmente da relação entre o processo de urbanização e a pobreza no Brasil, contextualizando os assentamentos da população mais pobres nas cidades brasileiras e especificamente na cidade de Maceió. Em seguida, discute-se a dimensão socioambiental dos assentamentos humanos em áreas ambientalmente frágeis, mas especificamente, daqueles localizados às margens da Lagoa Mundaú. Posteriormente, abordam-se as políticas públicas de promoção de habitação para os mais pobres nas cidades brasileiras, enfatizando-se aquelas referentes aos assentamentos humanos às margens da lagoa Mundaú e aponta-se para os conflitos de interesse que permeiam as decisões do poder público, especialmente, quando se referem ao uso e ocupação de áreas ambientalmente frágeis no espaço urbano. O trabalho leva a compreensão de que o fenômeno dos assentamentos humanos precários em áreas ambientalmente frágeis é fruto dos processos de reprodução das desigualdades sócioespaciais inerente à reprodução do espaço urbano no Brasil. Desse modo, a questão ambiental urbana aparece como um problema decorrente das dificuldades de acesso à moradia adequada da maior parte da população. Enquanto esse acesso estiver condicionado à renda da população, cada vez mais, a localização dos pobres consistirá em locais excluídos dos benefícios da cidade.
Abstract: The current work has as its general theme the solutions-locations found by the poorest part of the population of Brazilian cities in terms of housing. It specifically addresses the appropriation of environmentally sensitive areas in urban locations for that purpose, (more precisely, the edges of urban water bodies), and the conflicts (social, environmental and, consequently, political) that surround such situations. The research is a case study which has as its empirical focus the situation of the human settlements on the banks of the Mundaú Lagoon in Maceió, capital of Alagoas, and takes as its starting point the hypothesis that "the urban environmental issue is primarily a housing problem and a problem of the adoption of policies that will facilitate the access of the majority of the population to adequate housing". (Martins 2002, p.126) The discussion focuses initially on the relationship between the process of urbanization and poverty in Brazil, contextualizing the settlements of the poorest part of the population of Brazilian cities and specifically of the city of Maceió. This is followed by a discussion of the socio-environmental dimension of human settlements in environmentally sensitive areas, especially those located on the shores of Mundaú Lagoon. Later, we discuss public policies for the promotion of housing for the poorest in Brazilian cities, with emphasis on those policies which are related to the human settlements on the banks of Mundaú Lagoon, and point out the conflicts of interest that permeate the decisions of public authorities, especially those with respect to the use and occupation of environmentally fragile areas in the urban space. The work leads us to understand that the phenomenon of precarious human settlements in environmentally fragile areas is the result of the reproductive processes of the socio-spatial inequalities inherent in the reproduction of urban space in Brazil. In this manner we come to see the urban environmental issue as a problem that stems from the difficulties of access to adequate housing of most of the population. While this access is determined by the income of the population the place of the poor will be a place ever more excluded from the benefits of the city.
Keywords: Urban planning Maceió (AL)
Human settlements Mundaú Lagoon (AL)
Precarions human settlements
Environmentally fragile area
Environmental fragile area
Environmental management
Public policies
Planejamento urbano Maceió (AL)
Assentamentos humanos Lagoa Mundaú (AL)
Assentamentos humanos precários
Área ambiental frágil
Gestão ambiental
Políticas públicas
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.department: Dinâmicas do Espaço Habitado
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo
Citation: MELO, Taina Silva. The location of the poor people in brasilians cities: a study about the situation of human settlements on the banks of the Mundaú Lagoon, in Maceió, Alagoas.. 2010. 199 f. Dissertação (Mestrado em Dinâmicas do Espaço Habitado) - Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2010.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufal.br/handle/riufal/710
Issue Date: 26-Apr-2010
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - FAU

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_TainaSilvaMelo_2010.pdf6,97 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.