Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/7011
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Rap como discurso político de resistência
metadata.dc.creator: Guedes, Seltom Wesley Almeida
metadata.dc.contributor.advisor1: Barreto, Elvira Simões
metadata.dc.contributor.referee1: Mesquita, Andréa Pacheco de
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Adriano Nascimento
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo trata do Rap como discurso político de resistência e tem o objetivo de promover , por meio de uma retrospectiva histórica e crítica, uma discussão sobre a expressão de resistência da população negra brasileira periférica, a partir do gênero musical do Rap. Em linhas metodológicas, para a consecução dos objetivos, realiza-se pesquisa bibliográfica e de análise de conteúdo de letras de músicas em web sites com base na teoria das Representações Sociais de Barretto (2011) e Santos e Scopinho (2015). Outros autores/as foram essenciais para fundamentar os elementos principais deste estudo, tais como Teperman (2015), Savazzoni (2015), Salles (2017), Righi (2011), Martin (2010), dentre outros. Para tanto, o estudo dividiu-se em duas grandes sessões: a primeira se refere ao contexto histórico, político e social do Rap; a segunda faz referência as expressões identitária e de resistência do povo negro por meio das músicas, além de demonstrar a força política da população negra através do Rap. Conclui-se que cada vez mais, pessoas procuram no Rap o refúgio necessário para expressar o sentimento de opressão e divulgar ao mundo o que acontece nas favelas brasileiras, além da problemática geral da exclusão social por falta de condições dignas de vida, a violência e o descaso da saúde nesses locais.
Abstract: The present study deals with rap as a political discourse of resistance and aims at promoting, through a historical and critical retrospective, in addition to the discussion on the expression of resistance of the peripheral Brazilian black population from the musical genre of Rap. In methodological lines, to obtain the objectives, is based on bibliographic research and analysis of lyrics content on web sites based on the theory of Social Representations of Barreto (2011) and Santos and Scopinho (2015). Other authors were instrumental in supporting the main elements of this study, such as Taperman (2015), Savazzoni (2015), Salles (2017), Righi (2011), Martin (2010), among others. To this end, the study was divided into two large sections; the first refers to the historical, political and social context of Rap; the second refers to the expressions of identity and resistance of the black people through music, in addition to demonstrating the political strength of the black population through Rap. It is concluded that more and more, people seek in Rap the necessary refuge to express the feeling of oppression and to disclose to the world what happens in the Brazilian slums, in addition to the general problem of social exclusion due to the lack of dignified living conditions, violence and the neglect of health in these places.
Keywords: Rap
Resistência
Identidade Negra
Violência
Resistance
Black Identity
Violence
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.department: Curso de Serviço Social
Citation: GUEDES, Seltom Wesley Almeida. Rap como discurso político de resistência. 2020. 57 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Serviço Social) - Faculdade de Serviço Social, Curso de Serviço Social, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2020.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/7011
Issue Date: 2-Jun-2020
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) - Graduação - SERVIÇO SOCIAL - FSSO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rap como discurso político de resistência.pdf1,16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.