Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/6031
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Entre ruas que subjetivam, registros do governo da vida e da morte na cidade
Other Titles: Subjectivity in the streets: government records of life and death in the city
metadata.dc.creator: Silva, Wanderson Vilton Nunes da
metadata.dc.contributor.advisor1: Hüning, Simone Maria
metadata.dc.contributor.referee1: Bicalho, Pedro Paulo Gastalho de
metadata.dc.contributor.referee2: Guareschi, Neuza Maria de Fátima
metadata.dc.description.resumo: A partir de julho de 2010, os jornais de Alagoas e do país começam a noticiar assassinatos de moradores de rua no Estado. Naquele ano, a imprensa nacional e local abordou o acontecimento, associando-os a um massacre. Numa perspectiva não-individualizante da Psicologia Social, considerando as contribuições de Michel Foucault e do filósofo e jurista Giorgio Agamben, tomamos estes assassinatos como acontecimento. Ao tomar como referencial as leituras em Foucault, que concebe os modos de subjetivação associados aos modos de governo dos sujeitos e à produção de subjetividades a partir de tecnologias de poder, circunscrevemos esta dissertação numa perspectiva genealógica. E tem como objetivo produzir uma crítica do presente e dos modos de governo da vida e da morte a partir da problematização das mortes dos moradores de rua em Maceió, registradas pela mídia e outros documentos públicos. Para isso, desde a perspectiva da Psicologia Social e dos estudos foucaultianos, colocamos esse acontecimento em análise a partir dos conceitos de modos de subjetivação, governo e relações de poder/saber. Interessa-nos construir atravessamentos históricos, a partir dos discursos em textos midiáticos e documentos públicos elaborados no período, de julho de 2010 e Agosto de 2012, em que os assassinatos de moradores de rua em Maceió começam a ser veiculados nas mídias como fato verdadeiro na vida da polis e a serem elaborados documentos que tentam sistematizar este acontecimento. Partimos da análise de discurso foucaultiana relacionada às relações de poder/saber, considerando três analisadores teórico-conceituais relacionados aos textos midiáticos e documentos públicos neste trabalho: 1) o abandono da vida e a produção de vida nua; 2) as drogas como um dispositivo biopolítico de regulamentação da vida; e 3) a produção de mortes e as estratégias de governo para a população de rua. A partir da análise histórica do que chamamos nesta dissertação de acontecimento, procuramos contribuir criticamente com políticas públicas que visam os diversos modos de existir na cidade, ocupando-nos das contribuições que a produção de conhecimento em Psicologia Social pode fazer ao pensar os espaços urbanos, os modos de governo e os processos de subjetivação.
Abstract: From July 2010, the newspapers of Alagoas and the country begin to report murders of homeless people in the state. In that year, the national and local press took up the event, linking them to a massacre. From a non-individualistic perspective of Social Psychology, considering the contributions of Michel Foucault and of the philosopher and jurist Giorgio Agamben, we take these murders as an event. Taking as reference the readings of Foucault, who conceives the forms of subjectivity as associated with the modes of governing the subjects and with the production of subjectivities from power technologies, this dissertation is circumscribed in a genealogical perspective. It aims to produce a critique of the present and of the modes of life and death government from the problematization of the deaths of homeless people in Maceio, recorded by the media and other public documents. In order to accomplish this, from the perspective of Social Psychology and Foucault studies, we analyze this event from the concepts of modes of subjectivity, government and relations of power / knowledge. We are interested in constructing historical crossings, from the speeches in media texts and public documents published during the period between July 2010 and August 2012, when the murders of homeless people in Maceio started running in the media as true fact in life of the polis and the documents that attempt to systematize this event were developed. We start from the Foucaultian discourse analysis related to the relations of power / knowledge, considering three theoretical-conceptual analyzers related to public documents and media texts in this work: 1) the abandonment of life and the production of bare life, 2) drugs as a biopolitical apparatus of life regulation, and 3) the production of deaths and the government strategies for the street population. From the historical analysis of what we call event in this dissertation, we intend to contribute critically with public policies that aim the various modes of existing in the city, focusing on the contributions that the production of knowledge in Social Psychology can make in thinking urban spaces, modes of government and the processes of subjectivity.
Keywords: Moradores de rua - Maceió (AL)
Governo – Políticas públicas
Espaços urbanos – Psicologia social
Modos de subjetivação
Governo – Crítica
Homeless - Maceió (AL)
Government - Public Policies
Urban Spaces - Social Psychology
Modes of subjectivity
Government - Criticism
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Government
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: SILVA, Wanderson Vilton Nunes da. Entre ruas que subjetivam, registros do governo da vida e da morte na cidade. 2019. 166 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Instituto de Psicologia, Programa de Pós Graduação em Psicologia, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/6031
Issue Date: 22-Apr-2013
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - IP

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Entre ruas que subjetivam, registros do governo da vida e da morte na cidade.pdf1,64 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.