Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/5520
metadata.dc.type: Dissertação
Title: O lugar da paisagem nos olhares do pensamento: de Alagoas a Maceió, narrativas e visualidades
metadata.dc.creator: Gusmão, Ana Caroline Sarmento Cavalcanti de
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Maria Angélica da
metadata.dc.contributor.referee1: Pereira, Margareth Aparecida da Silva Campos
metadata.dc.contributor.referee2: Faria, Geraldo Majela Gaudêncio
metadata.dc.contributor.referee3: Almeida, Luiz Sávio de
metadata.dc.description.resumo: O Estado de Alagoas atualmente é reconhecido pelas suas belezas naturais, sustentadas por imagens de suas praias, conformadas em especial pela ambiência litorânea da cidade de Maceió. A identidade da paisagem ganha sua notoriedade ao ser delineada por uma paleta de águias azuis esverdeadas em meio a uma atmosfera solar radiante. Deste contexto contemporâneo, surge a problemática a ser investigada o longo desta dissertação: esta identidade paisagística se conforma como uma espontaneidade? Ou nos é possível identificar um percurso histórico no qual esta visualidade identitária possa ser compreendida como um processar cultural? E, em caso afirmativo, como são balizadas as representações textuais e pictóricas na construção desta imago da paisagem local? A pesquisa foi desenvolvida a partir da identificação e análise de fontes realizadas entre os séculos XVIII – quando é constituída a Comarca de Alagoas – e o século XX – período em que a cidade de Maceió se consolida como nova capital. Com este espaço de tempo, procurou-se abarcar as representações iniciais acerca das terras que conformariam o território alagoano, chegando até as primeiras imagens pictóricas de sua capital. A Sessão 1 procura discutir o conceito de paisagem, instaurando, a partir daí, as problemáticas essenciais a serem trabalhadas nas sessões posteriores. A Sessão 2 é dedicada às formalizações iniciais da visualidade do lugar, onde daremos destaque a algumas narrativas literárias. Constatou-se que a escrita acerca do território é resumida em duas ambiências específicas: as matas os canaviais. A Sessão 3 investiga narrativas de caráter geográfico, relacionadas, em especial, ao contexto da transferência da capital da então província de Alagoas para a cidade de Maceió. A Sessão 4 detém-se sobre a análise das representações visuais do lugar, com destaque para as litografias de Manuel Ricardo Couto e, em especial, à obra do pintor alagoano José Paulino.
Abstract: The state of Alagoas is now recognized for its natural beauty, underpinned by images of beaches, shaped particularly by the ambience of the seaside of Maceió. The identity of the landscape is recognized by its bluish green waters amidst a radiant solar atmosphere. In this contemporary context, there is the issue to be investigated in the course of this dissertation: is this landscape identity in accordance with spontaneity? Or we can identify a historical background in which this visual identity can be understood as a cultural process? And, if so, how are guided textual and pictorial representations in the construction of this image of the local landscape? The survey was developed from the identification and analysis of sources made between the eighteenth century - when the county of Alagoas emerges - and the twentieth century - during which the city of Maceió consolidates as the new capital. With this time frame, we tried to cover the initial representations about the land comprised in the territory of Alagoas, reaching the first pictorial images of their capital. Session 1 discusses the concept of landscape, installing from there, the essential issues to be worked on in later sessions. The second session is devoted to the formalization of the initial aspects of the construction of identity of Alagoas, where we will highlight some literary narratives. It was found that writing about the area is summed up in two ambiances-specifically: the forests and the cane fields. Session 3 investigates narratives of geographical character, related in particular to the context of consolidation of the city of Maceio as the new capital. Session 4 dwells on the analysis of visual representations of the place, especially the lithographs by Ricardo Manuel Couto, and in particular, the work of the painter José Paulino.
Keywords: Paisagismo
Paisagem natural – Maceió (AL)
Estratégias
Espaço público
Landscape
Natural Landscape - Maceió (AL)
Strategies
Public place
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo
Citation: GUSMÃO, Ana Caroline Sarmento Cavalcanti de. O lugar da paisagem nos olhares do pensamento: de Alagoas a Maceió, narrativas e visualidades. 2019. 154 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo: Dinâmicas do Espaço Habitado) – Faculdade de Arquitetura, Programa de Pós Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2010.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/5520
Issue Date: 16-Jul-2010
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - FAU



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.