Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/5511
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Autonomia no terceiro setor: estudo de caso sobre a Fundação de Amparo ao Menor em Alagoas
metadata.dc.creator: Santos, Josemar Silva dos
metadata.dc.contributor.advisor1: Melo, Marina Félix de
metadata.dc.contributor.referee1: Marques, Verônica Teixeira
metadata.dc.contributor.referee2: Nascimento, Émerson Oliveira do
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa é um estudo de caso de cunho qualitativo que busca tratar da seguinte problemática: em que medida a questão da autonomia política e financeira impactaram ou não na consecução dos objetivos e da Missão Institucional da Fundação de Amparo ao Menor – Fundanor. Nela verificamos quais foram as estratégias de captação de recursos utilizadas pelos gestores da Fundanor no tocante à questão da sustentabilidade financeira; também buscamos observar a existência ou não de disputas entre os diferentes grupos gestores da Fundanor e se em alguma medida essas disputas interferiram na autonomia política da instituição, impedindo ou impulsionando-a; além disso, analisamos se e em que medida as relações estabelecidas pela Fundanor com o Estado, o Mercado e o Terceiro Setor provocaram ou não perda de autonomia. No que diz respeito aos principais aspectos teóricos, trazemos as seguintes categorias de análise e seus respectivos teóricos: estratégias de captação de recursos, com base em Teixeira (2003) e Melo (2013); relações institucionais e disputas entre grupos gestores, também tomando por base Teixeira (2003); construção de autonomias, seguindo as discussões de Lyra (2005) e Medeiros (2008); e, sobre as racionalidades instrumental e comunicativa, a partir de Habermas (2012). Neste estudo de caso, delimitamos nosso corpus de análise a partir da seleção de dados obtidos por meio da entrevista semiestruturada, aplicada a dez interlocutores e da escolha de alguns documentos (atas, relatórios, ofícios). Através da análise de dados, foi possível percebermos que, apesar de ter conseguido construir-se autônoma politicamente, a Fundanor não conseguiu concretizar o projeto de se tornar uma instituição autônoma financeiramente ou, no dizer dos entrevistados, tornar-se autossustentável.
Abstract: This research is a qualitative case study that aims to address the following problems: to what extent political and financial autonomy related issues impacted the achievement of the objectives and the institutional mission of the “Foundation for Child Support” - Fundanor. Fundraising strategies used by Fundanor managers regarding financial sustainability were verified; we also sought to observe the existence or not of disputes between the different management groups of Fundanor and how these disputes interfered in the political autonomy of the institution, preventing or impelling it; in addition, we analyzed whether and to what extent the relationships established by Fundanor with the State, the Market and the Third Sector have caused or not loss of its autonomy. With regard to the main theoretical aspects, we presented the following categories of analysis and their respective theorists: strategies of fundraising, based on Teixeira (2003) and Melo (2013); institutional relations and disputes between management groups, also based on Teixeira (2003); construction of autonomies, following the discussions of Lyra (2005) and Medeiros (2008); and, on the instrumental and communicative rationalities, from Habermas (2012). In this case study, we delimit our corpus of analysis based on the selection of data obtained through the semi-structured interview, applied to ten interlocutors and the choice of some documents (minutes, reports, offices). Through the analysis of data, it was possible to perceive that, despite having managed to build itself politically autonomous, Fundanor failed to materialize the project of becoming an autonomous institution financially or, in the words of the interviewees, to become self-sustainable.
Keywords: Fundação de Amparo ao Menor (ONG) - Alagoas
Autonomia administrativa
Autonomia financeira
Associações sem fins lucrativos
Foundation for Child Support - Alagoas
Administrative autonomy
Financial autonomy
Non-Profit Associations
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Sociologia
Citation: SANTOS, Josemar Silva dos. Autonomia no terceiro setor: estudo de caso sobre a Fundação de Amparo ao Menor em Alagoas. 2019. 125 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Instituto de Ciências Sociais, Programa de Pós Graduação em Sociologia, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2019.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/5511
Issue Date: 26-Apr-2019
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Autonomia no terceiro setor estudo de caso sobre a Fundação de Amparo ao Menor em Alagoas.pdfAutonomia no terceiro setor: estudo de caso sobre a Fundação de Amparo ao Menor em Alagoas853,23 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.