Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/5497
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Influência de configurações das aberturas na qualidade acústica de salas de aula naturalmente ventiladas com base na rede pública municipal de ensino de Maceió-AL
metadata.dc.creator: Silva, Jordana Teixeira da
metadata.dc.contributor.advisor1: Oiticica, Maria Lúcia Gondim da Rosa
metadata.dc.contributor.referee1: Souza, Lea Cristina Lucas de
metadata.dc.contributor.referee2: Barbirato, Gianna Melo
metadata.dc.contributor.referee3: Cavalcanti, Veronica Robalinho
metadata.dc.description.resumo: As condições acústicas das salas de aula podem interferir diretamente no processo de ensino e aprendizagem, ao influenciar na compreensão das palavras e na inteligibilidade da fala. Alguns componentes construtivos podem influenciar em tais condições, a exemplo das aberturas (janelas). No clima quente-úmido, as aberturas são utilizadas com a finalidade principal de proporcionar a ventilação natural. Situações de conflito entre as necessidades de conforto ambiental podem ser verificadas quando tais componentes também permitem a entrada dos ruídos externos, ocasionando decréscimo no isolamento sonoro. Além dos aspectos relacionados ao isolamento e à ventilação, torna-se necessária a abordagem da interferência das aberturas na qualidade acústica no interior dos ambientes. Nesse contexto, o objetivo da presente dissertação de mestrado consiste em avaliar a influência das variáveis de dimensão, localização e forma das aberturas na qualidade acústica de salas de aula naturalmente ventiladas com base na rede pública municipal de ensino de Maceió-AL. A metodologia consistiu em análises paramétricas, com base em resultados dos parâmetros de qualidade acústica: Tempo de Reverberação (TR), Clareza (C50), Índice de Transmissão da Fala (STI) e Porcentagem de Perda na Articulação de Consoantes (%ALCons), obtidos por meio da simulação computacional no programa Ease 4.3. O modelo de sala de aula foi definido a partir da análise estatística da amostragem dos projetos arquitetônicos das escolas. Os modelos de simulação foram elaborados baseados na combinação das variáveis das aberturas, com a alteração exclusivamente das janelas no modelo do ambiente. Foram selecionados alguns conjuntos de arranjos (modelos) de forma que somente a variável de interesse fosse alterada. Por meio da análise e discussão dos resultados, observou-se a influência acentuada da dimensão, de modo que o aumento da área de abertura acarreta em melhorias expressivas nos valores dos parâmetros acústicos. As variáveis de localização e forma influenciam de modo discreto, porém, a variável forma apresenta a menor influência nos resultados. Visto que os resultados indicaram que a variável dimensão corresponde ao fator de maior potencial na correção dos parâmetros acústicos, realizou-se um estudo da tendência do comportamento estatístico do TR em função do percentual de área de abertura em relação à área de piso, com a finalidade de estimar os valores de percentual de abertura que atendam ao TR ótimo, e portanto, alcançar valores recomendáveis para a qualidade acústica. Além das aberturas, a possibilidade do emprego simultâneo de material absorvedor sonoro nas superfícies da sala resultou em possíveis configurações de tratamento para alcance de resultados recomendáveis de qualidade acústica para salas de aula. O conhecimento sobre o efeito das aberturas na qualidade acústica interna pode auxiliar o projeto arquitetônico no processo de tomada de decisões por parte dos arquitetos.
Abstract: Classroom acoustics can directly interfere in the teaching and learning process by influencing the understanding of diction and speech intelligibility. Some construction components, including openings (windows), can influence acoustic conditions. In hot–humid climates, openings are primarily used to provide natural ventilation. Conflicts may stem between the need for a comfortable and productive learning environment when such components allow external noise, decreasing sound insulation. Thus, approaching the design of openings with interference and considering the acoustic quality of the classroom is necessary. The objective of this dissertation is to assess the influence of the size, location, and shape of openings on the acoustic quality of naturally-ventilated classrooms in the municipal schools of Maceió-AL. The methodology is based on the parametric analysis of the following acoustic quality parameters obtained via the computer simulation program Ease 4.3: Reverberation Time (RT), Clarity (C50), Speech Transmission Index (STI), and Percent Loss in the Articulation of Consonants (%ALCons). The model classroom was obtained from a statistical analysis of a sample of architectural projects in schools. Simulation models were developed based on a combination of variable openings in which the only change was in the windows of the classroom model. A set of models was selected such that only the variable of interest was changed to analyze the influence of the aperture variables. Through the analysis and discussion of the results, we observed that size has a marked influence on acoustics; increased opening area causes significant improvements in the acoustic parameters. Of the variables influencing the location and shape of the openings, the form variable has the least influence on the results. Because the opening size was detected to be the variable with the greatest influence on acoustic parameters, we studied the statistical behavior of RT based on the percentage of the open area relative to the floor area. The purpose of this investigation was to estimate the opening percentage values that optimize RT, and therefore achieve the recommended values for acoustic quality. The possibility of simultaneously using sound absorbing materials on the room surfaces resulted in possible strategies for achieving good sound quality for classrooms. The knowledge of the effects of apertures on internal acoustic quality can assist in the decision-making processes for architectural design.
Keywords: Qualidade acústica - Salas de aula
Aberturas (janelas)
Acoustic quality - Classroom
Openings (windows)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo
Citation: SILVA, Jordana Teixeira da. Influência de configurações das aberturas na qualidade acústica de salas de aula naturalmente ventiladas com base na rede pública municipal de ensino de Maceió-AL. 2019. 136 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo: Dinâmicas do Espaço Habitado) – Faculdade de Arquitetura, Programa de Pós Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2014.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/5497
Issue Date: 30-May-2014
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - FAU



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.