Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/5495
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Avaliação dos parâmetros de acessibilidade espacial para idosos: estudo de dois apartamentos em Maceió/AL
metadata.dc.creator: Montenegro, Fabíola de Carvalho
metadata.dc.contributor.advisor1: Toledo, Alexandre Márcio
metadata.dc.contributor.referee1: Elali, Gleice Virginia Medeiros de Azambuja
metadata.dc.contributor.referee2: Barboza, Aline da Silva Ramos
metadata.dc.contributor.referee3: Araujo, Lindemberg Medeiros de
metadata.dc.description.resumo: O aumento do número de idosos na população brasileira aponta para a necessidade de se projetar moradias adequadas a atender a essa nova demanda populacional por meio da proposição de espaços acessíveis, que possam proporcionar maior autonomia e independência, melhorando a qualidade de vida desses usuários. No Brasil, a moradia, principalmente para as classes A e B da população, é espaço do mercado imobiliário. O programa “Minha Casa, Minha Vida”, lançado pelo Governo Federal e que possibilita o acesso à moradia por pessoas com renda mais baixa, também tem seguido a lógica de vendas do mercado imobiliário para a habitação das classes C e D. Em Maceió, observa-se um forte investimento do setor imobiliário na construção de edifícios residenciais multifamiliares; entretanto, não se tem conhecimento se as práticas projetuais adotadas para a construção desses edifícios são, de fato, compatíveis com as necessidades do usuário idoso, considerando os parâmetros de acessibilidade espacial previstos em leis e normas específicas. O objetivo geral desta dissertação de mestrado em arquitetura e urbanismo foi avaliar os parâmetros de acessibilidade espacial para idosos em apartamentos ofertados pelo mercado imobiliário de Maceió/AL com apelo publicitário de adequação de seus espaços a esse perfil de usuário. Do universo de edifícios ofertados na cidade, identificaram-se dois exemplares: um de padrão popular e outro de padrão elevado. Selecionaram-se um apartamento de cada um deles, avaliando-os por meio de dois métodos distintos: (i) Espaço de Atividades de Jorge Boueri Filho e (ii) Avaliação de Projeto Habitacional de Gabriela Pereira. Adotaram-se seis etapas de avaliação: (i) ajuste do leiaute, (ii) avaliação das áreas de circulação e de manobra; (iii) avaliação das áreas de acesso aos móveis e equipamentos; (iv) avaliação das áreas de sobreposição da circulação às áreas de acesso aos móveis e equipamentos; (v) laudo de avaliação da acessibilidade espacial e (vi) recomendações de projeto. Os resultados obtidos comprovaram que os parâmetros de acessibilidade espacial não são plenamente atendidos nos apartamentos avaliados, independentemente de sua área e da faixa de renda da população para qual tenham sido projetados. No apartamento de padrão popular, a sala de jantar, a cozinha e a suíte de casal apresentaram os resultados mais satisfatórios; identificaram-se os piores resultados na área de serviço, no quarto de solteiro e nos banheiros. No apartamento de padrão elevado, encontraram-se as condições de projeto mais satisfatórias na sala de estar/jantar e na área de serviço; a varanda, o lavabo, a suíte 1 e o banheiro das suítes reversíveis apresentaram os resultados mais críticos. A maioria das incompatibilidades encontradas entre os espaços e o usuário idoso evidencia que houve um subdimensionamento dos ambientes dos apartamentos avaliados em relação aos móveis e equipamentos sugeridos, assim como, uma má distribuição do leiaute ocasionada, muitas vezes, pela proposição de uma quantidade de móveis e/ou equipamentos superior ao que o ambiente poderia acomodar. Os problemas de acessibilidade espacial identificados nesta dissertação poderiam ser evitados se os profissionais da construção civil e as construtoras responsáveis pelos projetos seguissem os parâmetros de acessibilidade indicados nas leis e nas normas específicas vigentes e se o poder público fiscalizasse a aplicação desses parâmetros nos apartamentos ofertados.
Abstract: The growing number of elderly population in Brazil indicates the need to project adequate houses to satisfy this new population demand by means of proposition of accessible spaces in order to provide most autonomy and independence, enhancing the quality of life of the users. In Brazil, the house, especially for the classes A and B of the population, is the housing market space. The program "Minha Casa, Minha Vida", launched by the Federal Government, provides access to housing for low-income people and has also followed the sales logic of the housing market to the classes C and D of the population. In Maceió, there is a strong housing market investment in the construction of multifamily residential buildings; however, it isn’t known whether the practices projective used in the construction of these buildings are really compatible with the needs of this user profile, considering parameters of spatial accessibility provided in laws and specific rules. The general objective of this thesis in architecture and town planning was to evaluate the parameters of spatial accessibility for the elderly in apartments offered by the housing market in Maceió/AL with publicity appeal of that its spaces are appropriate to this user profile. Among buildings offered in the city, there were identified two examples: one with popular standard and other with high standard. It was selected one of each apartment and both were evaluated using two different methods: (i) Space Activities developed by Jorge Boueri Filho and (ii) Assessment of Housing Project proposed by Gabriela Pereira. Six stages of evaluation were adopted: (i) adjusting the layout, (ii) evaluation movement areas and maneuver wheelchair, (iii) evaluation accessing areas of furniture and equipment, (iv) evaluation of overlapping areas of circulation regarding the areas of access to furniture and equipment, (v) the valuation report of spatial accessibility and (vi) project recommendations. The results showed that the parameters of spatial accessibility are not attended in the apartments evaluated regardless of their area and to which income bracket of the population they have been designed. In the popular standard apartment, the dining room, the kitchen and the couple suite had the most satisfactory results; in the laundry area, in the single bedroom and in the bathroom were identified the worst results. In the high standard apartment, it was identified the most satisfactory project conditions in the living/dining room and also in the laundry area. The balcony, the lavatory, the suite 1 and the bathroom of the reversible suites presented the most critical results. Most incompatibilities found between the spaces and the needs of the elderly showed that the rooms of the apartments were undersized in relation to the furniture and to the equipment proposed and that there is an unequal distribution of layout caused by the amount of furniture/equipment suggested to this space, superior to that this ambient could accommodate. The spatial accessibility problems identified in this study could be avoided if the building professionals and the construction company responsible for the projects applied the accessibility parameters indicated in laws and specific rules in force and if the government supervised the application of these parameters in the apartments that are being offered.
Keywords: Acessibilidade especial
Apartamentos – Maceió (AL)
Ambientes – Funcionalidade
Idosos
Spatial accessibility
Apartments - Maceió (AL)
Elderly
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo
Citation: MONTENEGRO, Fabíola de Carvalho. Avaliação dos parâmetros de acessibilidade espacial para idosos: estudo de dois apartamentos em Maceió/AL. 2019. 179 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo: Dinâmicas do Espaço Habitado) – Faculdade de Arquitetura, Programa de Pós Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/5495
Issue Date: 11-Oct-2013
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - FAU

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Avaliação dos parâmetros de acessibilidade espacial para idosos estudo de dois apartamentos em MaceióAL.pdfAvaliação dos parâmetros de acessibilidade espacial para idosos: estudo de dois apartamentos em Maceió/AL6.42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.