Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/5493
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Cinematografia da cidade: arqueologia das Imagens do cineasta ítalo-alagoano Guilherme Rogato (Limiar 1933)
metadata.dc.creator: Leite, Elma Albuquerque
metadata.dc.contributor.advisor1: Lima, Walter Matias
metadata.dc.contributor.referee1: Soares, Paulo Marcondes Ferreira
metadata.dc.contributor.referee2: Bittencourt, Leonardo Salazar
metadata.dc.contributor.referee3: Silva, Maria Angelica da
metadata.dc.description.resumo: Os filmes desenham cartografias e configuram concepções espaço-temporais que lhes são próprias. Esta dissertação trata sobre a primeira película alagoana rodada em Maceió, Estado de Alagoas, no ano de 1933, intitulada - Casamento é Negócio? - dirigida pelo cineasta ítalo-alagoano Guilherme Rogato (1898 – 1966). A obra é classificada como uma comédia dramática que, à maneira de um romance-reportagem, aborda as relações amorosas e familiares, ao tempo em que nos remete às primeiras explorações petrolíferas no Brasil. As cenas se alinhavam por entre ruas, praças, espaços verdes, edificações singulares e monumentos, desenhando, assim, a morfologia da cidade. Destacam-se entre os sets de filmagens, as lagoas Mundaú e Manguaba, a casa do poeta Jorge de Lima, situada na Praça Sinimbu, o Teatro e a Praça Deodoro, a Catedral Metropolitana na Praça D. Pedro II, o Mirante do Jacutinga, a Ponte do Trapiche da Barra, a Ponte de Garça Torta, e o Bairro de Riacho Doce onde se encontra a torre de petróleo; além de antigos povoados no Pontal da Barra e Barra Nova. São lugares pitorescos de outrora, o que confere à obra um grande valor enquanto registro histórico, nos fornecendo, também, o reconhecimento das transformações ocorridas no processo de modernização de Maceió. Em outras palavras, trata-se de um filme-cidade, no qual a cidade se configura com especial relevo. Nosso intuito consiste em identificar o tipo de concepção espaço-temporal expressa no filme, no âmbito dos elementos morfológicos urbanos nele existentes. Para tal, toma-se a teoria e o método arqueológico do filósofo Michel Foucault (1926-1984), que consiste em uma análise dos enunciados discursivos. A arqueologia de Foucault (ou arqueogenealogia) também foi abordada pelos filósofos Gilles Deleuze (1925-1995) e Félix Guattari (1930-1992), dos quais extraímos algumas noções, que subjazem, explícita ou implicitamente, ao longo da dissertação. Dentre outros teóricos consultados, destacamos a relevante contribuição do pesquisador, arquiteto e urbanista José Manuel Ressano Garcia Lamas, bem como do teórico e historiador da arte Heinrih Wölfflin (1864-1945) e da socióloga Barbara Mennel (s.d.), autora do livro Cities and Cinema [2008]. Para esta análise delineamos uma superfície primeira, tendo-se o limiar do ano de 1933 e a cidade de Maceió, como recortes espaços-temporais demarcados. Quanto aos instrumentos, recorremos a fontes bibliográficas e eletrônicas, entrevistas, levantamentos fotográficos, iconográficos e documentais. Por cinematografia da cidade entendemos o desenho cinematográfico resultante de uma análise arqueológica de um filme; ou seja, as suas cartografias enunciadas. Ao final, elaboramos um apêndice com uma breve biografia do cineasta Salvatore Guglielmo Rogato. Espera-se que esta pesquisa contribua para a compreensão das dinâmicas do espaço habitado e para uma maior aproximação entre os saberes cinema, filosofia, arquitetura e urbanismo, dentre outros a serem mencionados.
Abstract: The films draw cartographies and configure their own spatial - temporal conceptions. This paper is about the first film recorded in Maceió - Alagoas, in 1933, entitled – Is Marriage a Business? - directed by the italian-alagoano filmmaker Guilherme Rogato (1898-1966). The film is classified as a comedy drama which, in the manner of a novel report, deals with the romantic relationships and family at the time that leads us to the first oil exploration in Brazil. The scenes take place among streets, squares, green spaces, special buildings and monuments, so that sketching the morphology of the city. Stand out between sets of filming, the Mundaú and Manguaba lagoons, the poet`s house Jorge de Lima, located in Sinimbu Saquare, the Theater and the Deodoro Square, the Metropolitan Cathedral at the D. Pedro II Square, the Mirante da Jacutinga, Trapiche da Barra Bridge, Garça Torta Bridge and Riacho Doce, where we will find the tower of oil; in addition to ancient villages in the Pontal da Barra and Barra Nova. These are picturesque places of the past, which gives the artist`s work a great value as historical record, providing also the recognition of changes in the process of modernization of Maceió. In other words, this is a movie, which the city is configured with emphasis and evidence. Our aim is to identify the type of spatial-temporal concept expressed in the film, in the context of urban morphological elements existing in it. Therefore, for this study it is necessary to take the theory and the archaeological method of philosopher Michel Foucault (1926-1984), which consists of an analysis of discursive statements. Foucault's archaeology (or arqueogenealogical) was also addressed by philosophers Gilles Deleuze (1925-1995) and Félix Guattari (1930-1992), from which we obtain some notions, which underlie, explicitly or implicitly, throughout the dissertation. Among other theorists consulted, we highlight the important contribution of the researcher, architect and urbanist Jose Manuel Ressano Garcia Lamas, as well as the theorist and art historian Heinrih Wölfflin (1864-1945) and the sociologist Barbara Mennel (s.d.), author of Cities and Cinema [2008]. For this analysis we have outlined the remarkable eve of 1933 and the city of Maceió, as cut-outs-temporal spaces demarcated. As for instruments, we use the bibliographical and electronic sources, interviews, photographic, iconographic and documental surveys. Our understanding in terms of cinematography of the city, is the drawing resulting film archaeological examination of a movie; that is, its cartographies listed. At the end, we developed an appendix with a brief biography of the filmmaker, Salvatore Guglielmo Rogato. It is expected that this research contributes to the understanding of the dynamics of living space and to greater conciliation between the film knowledge, philosophy, architecture and urbanism, among others to be mentioned.
Keywords: Filme-cidade
Romance-reportagem
Maceió – Representação histórica
Maceió – Cartografia
Maceió – Desenho Urbano
City-film
Novel-report
Maceió - Representation
Maceió – Cartography
Maceió – Urban Design
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo
Citation: LEITE, Elma Albuquerque. Cinematografia da cidade: arqueologia das imagens do cineasta ítalo-alagoano Guilherme Rogato (Limiar 1933). 2019. 186 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo: Dinâmicas do Espaço Habitado) – Faculdade de Arquitetura, Programa de Pós Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/5493
Issue Date: 10-May-2013
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - FAU

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cinematografia da cidade Arqueologia das Imagens do Cineasta Ítalo-Alagoano Guilherme Rogato (Limiar 1933).pdfCinematografia da cidade: arqueologia das imagens do cineasta ítalo-alagoano Guilherme Rogato (Limiar 1933)6.59 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.