Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/5275
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Ensino de ciências: reflexões epistemológicas para a formação de sujeitos cientificamente alfabetizados
Other Titles: Science teaching: epistemological reflections for the formation of scientifically literate subjects
metadata.dc.creator: Oliveira, Cristiane Simões
metadata.dc.contributor.advisor1: Bastos Filho, Jenner Barretto
metadata.dc.contributor.referee1: Fireman, Elton Casado
metadata.dc.contributor.referee2: Menezes, Anderson de Alencar
metadata.dc.contributor.referee3: Sovierzoski, Hilda Helena
metadata.dc.contributor.referee4: Farias, Antonio José Ornellas
metadata.dc.description.resumo: Diante de novos desafios tecnológicos, pesquisas e descobertas científicas, faz-se necessário compreender o conhecimento científico como uma construção complexa, dinâmica e integrada da prática social. Neste sentido, o saber científico é construído por um sujeito inserido no contexto social e histórico, concebido através de uma educação voltada para a argumentação com fundamentos éticos, morais, valorizando assim a subjetividade do indivíduo. O presente trabalho é de caráter teórico-reflexivo e apresenta um debate sobre a contribuição do Ensino de Ciências no desenvolvimento da produção de saberes científicos e sua relevância no processo de formação de indivíduos cientificamente alfabetizados. As problematizações que provocaram esta pesquisa, nos conduzem a uma reflexão sobre a contribuição do Ensino de Ciências na produção de saberes científicos, suas implicações no contexto sociocultural e sua relevância na formação de sujeitos cientificamente alfabetizados. Desta forma, o trabalho firma suas bases teóricas apresentando uma interlocução entre a teoria histórico-cultural de Lev Vigotsky, a epistemologia da complexidade de Edgar Morin e a epistemologia histórica de Gastón Bachelard. Vigotsky em suas pesquisas buscou compreender os processos de formação do desenvolvimento humano na sua dimensão filogenética, histórico-sócial e ontogenética. Sua teoria histórico- cultural propõe uma formação das funções psíquicas superiores como internalização mediada pela cultura e, postula um sujeito social que não é apenas ativo mais, sobretudo interativo. Apesar de Bachelard ter observado alguns aspectos relevantes do pensamento científico que fazem parte da complexidade, foi Edgar Morin, filósofo da ciência, que aprofundou o pensamento complexo, através dele a epistemologia da complexidade se desenvolveu. Tanto Bachelard como Morin ao apresentar sua visão de ciência e de construção do conhecimento, convergem em diversos aspectos, dentre eles, a crítica ao rigor científico e aos princípios da ciência clássica. Bachelard propõe uma reorganização do sistema do saber, ao conceber a superação dos obstáculos epistemológicos como primordial para o avanço do pensamento científico. Assim, o ensino de Ciências deve subsidiar para o aluno uma formação científica voltada para sua participação ativa na sociedade, tarefa desafiadora para pesquisadores e educadores.
Abstract: Faced with new technological challenges, research and scientific discoveries, it is necessary to understand scientific knowledge as a complex, dynamic and integrated construction of social practice. In this sense, scientific knowledge is constructed by a subject inserted in the social and historical context, conceived through an education oriented to the argumentation with ethical and moral foundations, thus valuing the subjectivity of the individual. The present work is of a theoretical-reflective nature and presents a debate about the contribution of Science Teaching in the development of the production of scientific knowledge and its relevance in the process of formation of scientifically literate individuals. The problematizations that led to this research lead us to a reflection on the contribution of Science Teaching in the production of scientific knowledge, its implications in the sociocultural context and its relevance in the formation of scientifically literate subjects. In this way, the work establishes its theoretical bases, presenting an interlocution between the historical-cultural theory of Lev Vigotsky, the epistemology of the complexity of Edgar Morin and the historical epistemology of Gastón Bachelard. Vigotsky in his research sought to understand the processes of human development formation in its phylogenetic, historicalsocial and ontogenetic dimension. His historical-cultural theory proposes a formation of higher psychic functions as culture-mediated internalization, and postulates a social subject that is not only more active, especially interactive. Although Bachelard observed some relevant aspects of scientific thought that are part of complexity, it was Edgar Morin, a philosopher of science, who deepened complex thinking, through which the epistemology of complexity developed. Both Bachelard and Morin, in presenting their vision of science and the construction of knowledge, converge in several aspects, among them, criticism of scientific rigor and the principles of classical science. Bachelard proposes a reorganization of the system of knowledge, when conceiving the overcoming of epistemological obstacles as primordial for the advance of scientific thought. Thus, science education should provide the student with a scientific training aimed at his active participation in society, a challenging task for researchers and educators.
Keywords: Ciência (Ensino)
Matemática – Estudo e ensino
Alfabetização Científica
Letramento
Educação – Filosofia
Science (Teaching)
Mathematics - Study and teaching
Scientific literacy
Education - Philosophy
Scientific knowledge
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática
Citation: OLIVEIRA, Cristiane Simões. Ensino de ciências: reflexões epistemológicas para a formação de sujeitos cientificamente alfabetizados. 2019. 121 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Ciências e Matemática) – Centro de Educação, Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2018.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/5275
Issue Date: 18-Jul-2018
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - CEDU

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ensino de ciências_ reflexões epistemológicas para a formação de sujeitos cientificamente alfabetizados.pdfEnsino de ciências: reflexões epistemológicas para a formação de sujeitos cientificamente alfabetizados.pdf3,01 MBAdobe PDFView/Open
Um olhar sobre si e seu lugar_ reflexões socioambientais discutidas a partir da carta de Pero Vaz de Caminha (Produto Educacional).pdfUm olhar sobre si e seu lugar: reflexões socioambientais discutidas a partir da carta de Pero Vaz de Caminha (Produto Educacional).pdf273,94 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.