Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/3712
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Reforma agrária: desafios enfrentados pelos assentamentos rurais alagoanos na aplicação das políticas públicas.
Other Titles: Reforms agrarian: challenges faced by from Alagoas establishments in the application of the public politics.
metadata.dc.creator: Silva, Roossélia Pontes
metadata.dc.contributor.advisor1: Mello, Paulo Décio de Arruda
metadata.dc.contributor.referee1: Lima, Walter Matias
metadata.dc.contributor.referee2: França, José Nascimento de
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo teve como objetivo a analise sobre os desafios enfrentados para a aplicação das políticas públicas nos assentamentos rurais alagoanos nas situações perto dessa realidade social. Os resultados apontam para uma melhoria das condições de vida e de renda das famílias assentadas, porém não em sua totalidade. Existem muitos assentamentos que enfrentam problemas que se perpetuaram e que passaram a fazer parte do cotidiano do homem do campo. Diferentes dimensões puderam ser observadas, entre elas a iniciativa quanto à luta por políticas públicas em construção de escolas, postos de saúde e etc. Pôde-se perceber o surgimento de iniciativas inovadoras por parte dos assentados e suas associações, no sentido de ter maior participação, procurando intervir mais intensivamente em busca do desenvolvimento, chegando, em alguns casos, até a enfrentar o poder local constituído, tradicionalmente sob uma oligarquia política que se vale do clientelismo e da coerção para assegurar o controle da política local e dos moradores dos municípios onde se localizam os assentamentos, mas nesses casos foram iniciativas singulares que não contemplaram todo universo das áreas assentadas. Por outro lado ficou evidente a pobreza, situação previsível, muitas vezes esquecida, e pouco se conta como uma educação de qualidade, estradas construídas, postos de saúde e etc. tudo que contribui para o desenvolvimento das áreas de assentamentos rurais. Constamos que há uma diversidade de problemas que surgiram antes da criação e continuaram depois, principalmente por não conseguir soluções imediatas e, portanto o problema passou a ser maior como, por exemplo, o acesso ao mercado econômico, o escoamento da produção, a falta de técnicos para conduzir o aperfeiçoamento de técnica a ser empregada no cultivo agrícola e os projetos muito distantes da realidade vivida.
Abstract: The present study had as objective she analyzes on the challenges faced for the application of the public politics in the from Alagoas rural establishments the results appear for a improvement in the life conditions and of income of the seated families, however not in your totality, many establishments that face problems that were perpetuated exist and that they started to do part of the daily of the man of the field, different dimensions could be observed, among them the initiative as the fight for public politics as construction of schools, health centers and etc. It could be noticed the appearance of innovative initiatives on the part of seated them and your associations in the sense of having larger participation, seeking to intervene more intensively in search of the development of the family agriculture arriving in some cases, to face local the constituted power under an oligarchy politic traditionally that if of the costumed and of the coercion to assure the control of the local politics and of the residents of the municipal districts where they are located the establishments, but in those cases they were singular initiatives that didn't contemplate every universe of the seated areas. On the other hand it was evident the poverty, and previsible situation, but a lot of times forgotten, and little it is counted as a quality education, built highways, health centers and etc. everything that contributes to the development of the areas of rural establishments. We consisted that there is a diversity of problems that you/they appeared before the creation and they continued later, mainly for not getting immediate solutions and therefore the problems became larger as for instance the access to the economical market, the drainage of the production, the technicians' lack to lead the technique improvement to be used in the agricultural cultivation and the projects very distant of the lived reality.
Keywords: Reforma agrária – Brasil
Assentamentos rurais – Alagoas
Políticas públicas
Movimentos sociais
Agrarian reform – Brazil
Rural Settlements – Alagoas
Public policy
Social movements
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Sociologia
Citation: SILVA, Roossélia Pontes. Reforma agrária: desafios enfrentados pelos assentamentos rurais alagoanos na aplicação das políticas públicas. 2009. 225 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Instituto de Ciências Sociais, Programa de Pós Graduação em Sociologia, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2018.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/3712
Issue Date: 16-Nov-2009
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - ICS



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.