Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/3516
metadata.dc.type: Dissertação
Title: A velhice e a vida institucionalizada representadas pelos idosos residentes em instituições de longa permanência para idosos nos municípios de Arapiraca-AL e Caruaru-PE
Other Titles: Old age and institutionalized life represented by elderly living in long-stay instituitions for the elderly in the municipalities of Arapiraca-AL and Caruaru-PE
metadata.dc.creator: Cintra Filho, Darci de Farias
metadata.dc.contributor.advisor1: Mayer, Ricardo
metadata.dc.contributor.referee1: Lima, João Vicente Ribeiro Barroso da Costa
metadata.dc.contributor.referee2: Rodrigues, Fernando de Jesus
metadata.dc.contributor.referee3: Silva Sobrinho, Helson Flávio da
metadata.dc.description.resumo: Esse estudo analisa de forma aberta e exploratória como idosos que residem em instituições de longa permanência nos municípios de Arapiraca-Al e Caruaru-PE representam a velhice e a vida institucionalizada. Para tanto, traça uma caracterização do processo de transição demográfica e procura situar os impactos desse processo na ampliação da demanda por cuidados formais de longa duração no Brasil e em especial nas cidades onde figuram as instituições pesquisadas. Observa como o processo de transição demográfica é acompanhado de uma diminuição da disponibilidade de cuidadores familiares e como a ampliação da demanda por cuidados de longa duração exige uma redefinição da distribuição de papéis entre família, sociedade, mercado e Estado na oferta desses cuidados. Discorre sobre a abordagem eliasiana acerca do processo de ocultação da morte e dos moribundos que teria se desenvolvido nas sociedades norte europeias no curso do processo civilizador e procura indicar como a velhice dependente ainda produziria sentimentos de vergonha e embaraço que dificultariam a identificação com os velhos e os moribundos. Por fim, avalia como os sujeitos da pesquisa representaram a velhice e a vida institucionalizada e inquire sobre a possibilidade de compatibilizar as representações produzidas no quadro de caracterização da solidão dos moribundos que é apresentado na obra eliasiana.
Abstract: Analyzes in an open and exploratory as seniors who reside in long-stay institutions in the municipalities of Arapiraca-AL and Caruaru-PE represent old age and life institutionalized. Therefore, traces a characterization of the process of demographic transition and seeks to place the impact of this process on the expansion of demand for formal long-term care in Brazil and especially in cities where the institutions surveyed included. Observes how the process of demographic transition is accompanied by a decrease in the availability of family caregivers and how the expansion of demand for long-term care requires a redefinition of the distribution of roles among family, society and state in the provision of care. Discusses the approach of Norbert Elias about the process of concealment of death and dying that would have developed in northern European societies in the course of the civilizing process and seeks to show how dependent old age still produce feelings of shame and embarrassment that hinder identification with the old and the dying. Finally, assess how the subjects represent the old age and the life institutionalized and inquire about the possibility of reconciling the representations produced in the context of characterization of the dying of loneliness that is presented in the Elia’s work
Keywords: Transição Demográfia
Cuidados formais de longa duração
Morte – Ocultamento
Velhice – Cuidados
Vida institucionalizada
Demographic transition
Formal care of long duration
Heath - Concealment
Old age
Life institutionalized
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Sociologia
Citation: CINTRA FILHO, Darci de Farias. A velhice e a vida institucionalizada representadas pelos idosos residentes em instituições de longa permanência para idosos nos municípios de Arapiraca-AL e Caruaru-PE. 2012. 130 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Instituto de Ciências Sociais, Programa de Pós Graduação em Sociologia, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2018.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/3516
Issue Date: 18-Dec-2012
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - ICS



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.