00 CAMPUS ARISTÓTELES CALAZANS SIMÕES (CAMPUS A. C. SIMÕES) ICS - INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS Dissertações e Teses defendidas na UFAL - ICS
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufal.br/jspui/handle/riufal/3389
Tipo: Dissertação
Título: Por Deus, pela fé e para a saúde: corpo, poder e reflexividade entre membros de uma igreja Adventista do Sétimo Dia (Maceió-AL)
Título(s) alternativo(s): By God, faith and health: body, power and reflexity among members of a Seventh – Day Adventist Church (Maceió-Al)
Autor(es): Santos, Claudiene Reis dos
Primeiro Orientador: Bittencourt, João Batista de Menezes
metadata.dc.contributor.referee1: Martins, Silvia Aguiar Carneiro
metadata.dc.contributor.referee2: Carneiro, Rosamaria Giatti
Resumo: A Mensagem de Saúde Adventista ou Reforma de Saúde, se fundamenta em um conceito de corpo que enfatiza a responsabilidade do indivíduo para com sua saúde de forma racional e equilibrada. Obrigando os fiéis a conter os excessos alimentares por acreditar que isso os levaria a uma vida moralmente desregrada e pouco saudável. Além disso, o conceito de santidade e pureza espiritual do crente adventista também está envolvido com suas ideias de cuidados com o corpo. Seus princípios de saúde são adotados pelos ASDs há mais de 100 (cem) anos e dos quais são extremamente orgulhosos. Entretanto, nos últimos 50 (cinquenta) anos temos observado na sociedade a hegemonia de um discurso de saúde defendido por especialistas da biomedicina, cujas práticas se assemelham bastante a Mensagem iasidiana (defende a adoção de hábitos alimentares mais naturais e de exercícios físicos), porém ambos apresentam fundamentos e objetivos distintos. Já que, o discurso de saúde apresenta um caráter mais individualista e hedonista ao passo que a dieta adventista possui finalidade religiosa. Desse modo, procura-se entender como os fiéis adventistas se adequam e dialogam com esses discursos de saúde e como isso reflete na construção da sua corporeidade. Para tanto, foi realizado um estudo etnográfico entre os meses de dezembro de 2015 até dezembro de 2016, a fim de observar o cotidiano de uma Igreja Adventista na cidade de Maceió. O objetivo é identificar as experiências que tais indivíduos têm construído sobre o corpo e como essas práticas tem atuado na formação de suas identidades, sobretudo diante dos ideais de corpo e saúde modernos. Para fundamentar as discussões dados foi necessário recorrer a Antropologia do Corpo como referencial teórico fundamental, utilizando autores como David Le Breton, Marcel Mauss, Michel Foucault e Anthony Giddens. Também é importante um conhecimento sobre a IASD, isto é, sua origem histórica, os primeiros anos de sua formação, bem como o contexto histórico em que surgiu, de modo que possa compreender os fundamentos de suas principais doutrinas. Igualmente, é vital tratar sobre o conceito de corpo adventista do ponto de vista da Antropologia para compreensão do Estilo de Vida Adventista, assim como da construção da identidade dessa denominação.
Abstract: The Adventist Health Message or Health Reform is based on a body concept that emphasizes the individual's responsibility to their health in a rational and balanced manner. Forcing the faithful to restrain the excesses of food for believing that this would lead them to a morally unruly and unhealthy life. In addition, the concept of holiness and spiritual purity of the Adventist believer is also involved with his ideas of caring for the body. Their health principles have been adopted by ASDs for more than 100 years and of which they are extremely proud. However, in the last 50 (fifty) years we have observed in society the hegemony of a health discourse advocated by biomedical specialists, whose practices closely resemble the Iasidian Message (advocates the adoption of more natural eating habits and physical exercises), however both have different foundations and objectives. Since, the discourse of body and contemporary health presents a more individualistic and hedonistic character whereas the Adventist diet has religious purpose. In this way, we try to understand how the faithful Adventists adapt and dialogue with these health discourses and how it reflects in the construction of their corporeity. For that, an ethnographic study was carried out between December 2015 and December 2016, in order to observe the daily life of an Adventist Church in the city of Maceió. The goal is to identify the experiences that such individuals have built on the body and how these practices have acted in the formation of their identities, especially in the face of modern body and health ideals. In order to base the discussions, it was necessary to use Body Anthropology as a fundamental theoretical reference, using authors such as David Le Breton, Marcel Mauss, Michel Foucault and Anthony Giddens. Also important is a knowledge about the SDA, that is, its historical origin, the earliest years of its formation, as well as the historical context in which it arose, so that it can understand the foundations of its main doctrines. Equally, it is vital to address the concept of the Adventist body from the standpoint of anthropology to understand the Adventist Lifestyle, as well as the construction of the identity of that denomination.
Palavras-chave: Antropologia social
Etnologia
Igreja Adventista do Sétimo Dia – Maceió (AL)
Saúde – Aspectos religiosos – Igreja Adventista
Body
Adventism
Religion and Health
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Alagoas
Sigla da Instituição: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social
Citação: SANTOS, Claudiene Reis dos. Por Deus, pela fé e para a saúde: corpo, poder e reflexividade entre membros de uma igreja Adventista do Sétimo Dia (Maceió-AL). 2017. 165 f. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) – Instituto de Ciências Sociais, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/3389
Data do documento: 26-Out-2017
Aparece nas coleções:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - ICS



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.