Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/3237
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Cinemas de rua: sociabilidades, decadência e moralidade em Maceió (1960-1980)
Other Titles: Street cinemas: sociabilities, decadence and morality in Maceió (1960-1980)
metadata.dc.creator: Vilela, Beatriz Souza
metadata.dc.contributor.advisor1: Rodrigues, Fernando de Jesus
metadata.dc.contributor.referee1: Bezerra, Edson José de Gouveia
metadata.dc.contributor.referee2: Alves, Elder Patrick Maia
metadata.dc.description.resumo: Ao tomar as sociabilidades dos cinemas de rua como foco de uma abordagem processual sócio-histórica, o objetivo deste trabalho é compreender a dinâmica de transformação dos sentidos erótico-sexuais atribuídos as salas de exibição. Sob a luz da perspectiva figurativo processual, nos interessamos pelo aumento expressivo das sessões com exibições de filmes considerados eróticos e pornográficos nos cinemas Lux, Ideal e Plaza, entre os anos 1960 a 1980, em Maceió. Ao longo da investigação, notamos que a frequente exibição desses filmes trouxe novos limites conformadores á experiência visual nas salas de exibição. As imagens dos filmes combinadas à ambiência propiciada pelas salas contribuíram para que os espectadores tecessem novas sociabilidades, como encontros casuais com muita intimidade, tal como a conquista de um parceiro(a) para a prática de atividades sexuais, ou mesmo uma autossatisfação como a prática masturbatória. Essas novas formas de lazer, que aqui chamamos de sociabilidades erótico-sexuais-permissivas, reconfiguraram as sessões, imprimindo também a possibilidade de ser um espaço de satisfação sexual. A questão não é puramente econômica. Do ponto de vista do frequentador, podemos observar que ele se deslocou para as salas em busca de um tipo específico de satisfação sexual, apoiado principalmente na gratificação visual, uma vez que as salas já faziam parte da vida erótico-sexual da cidade. Notamos que houve uma mudança na economia dos desejos, apesar de os filmes serem exibidos em todos os cinemas da cidade, determinados perfis de público, como aqueles formados por gays e prostitutas, foram marginalizados, ficando restrito a bairros que concentravam - e ainda concentram - outros tipos de economias simbólicas periféricas, como a prostituição, o mercado ilícito de drogas, objetos roubados, ou seja, em um reduto dos marginalizados. Deste modo, ao avaliar como as produções repercutiram nos espaços de exibição, ou seja, como os filmes mediaram sociabilidades que modelaram as salas com novos sentidos, destacamos que a exibição de filmes pornográficos e eróticos e as sociabilidades erótico-sexuais, contribuiu para ressignificar as sociabilidades nas salas dos cinemas de rua e propiciaram novos tipos de espaços sociais.
Abstract: Taking the sociabilities of street cinemas as the focus of a socio-historical procedural approach, the aim of this work is to understand the dynamics of transformation of the eroticsexual senses attributed to the exhibition rooms. In the light of the figurative-procedural perspective, we are interested in the expressive increase of the sessions with exhibitions of films considered erotic and pornographic in the cinemas Lux, Ideal and Plaza, between the years 1960 to 1980, in Maceió. Throughout the investigation, we noticed that the frequent exhibition of these films brought new limits shaping the visual experience in the exhibition rooms. The images of the films combined with the ambience provided by the rooms contributed to the spectators to weave new sociabilities, such as casual encounters with a lot of intimacy, such as the achievement of a partner for the practice of sexual activities, or even self-satisfaction as practice masturbatory. These new forms of leisure, which we call erotic-permissive erotic sociabilities, reconfigured the sessions, also imparting the possibility of being a space of sexual satisfaction. The question is not purely economic. From the viewer's point of view, we can observe that he went to the halls in search of a specific type of sexual satisfaction, supported mainly by visual gratification, since the rooms were already part of the erotic-sexual life of the city. We noticed that there was a change in the economy of desires, although the films were shown in all cinemas in the city, certain public profiles, such as those formed by gays and prostitutes, were marginalized, being restricted to neighborhoods that concentrated - and still concentrate - other types of peripheral symbolic economies, such as prostitution, illicit drug market, stolen objects, that is, in a stronghold of the marginalized. In this way, when evaluating how productions reverberated in the exhibition spaces, that is, how the films mediated sociabilities that shaped the rooms with new senses, we emphasize that the exhibition of pornographic and erotic films and the erotic-sexual sociabilities contributed to sociabilities in the theaters of street cinemas and provided new types of social spaces.
Keywords: Cinemas – Maceió
Filmes – Eróticos-sexuais
Sociabilidade
Movies - Erotic-sexual
Sociabilities
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Sociologia
Citation: VILELA, Beatriz Souza. Cinemas de rua: sociabilidades, decadência e moralidade em Maceió (1960-1980). 2017. 127 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Instituto de Ciências Sociais, Programa de Pós Graduação em Sociologia, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2018.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/3237
Issue Date: 30-Oct-2017
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cinemas de rua sociabilidades, decadência e moralidade em Maceió (1960-1980).pdfCinemas de rua: sociabilidades, decadência e moralidade em Maceió (1960-1980)2,92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.