00 CAMPUS ARISTÓTELES CALAZANS SIMÕES (CAMPUS A. C. SIMÕES) IP - INSTITUTO DE PSICOLOGIA Dissertações e Teses defendidas na UFAL - IP
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufal.br/jspui/handle/riufal/3223
Tipo: Dissertação
Título: A intenção feminina de permanecer em um relacionamento abusivo
Título(s) alternativo(s): The female intention of remaining in na abusive relationship
Autor(es): Gomes, Ingridd Raphaelle Rolim
Primeiro Orientador: Fernandes, Sheyla Christine Santos
metadata.dc.contributor.referee1: Coelho, Jorge Artur Peçanha de Miranda
metadata.dc.contributor.referee2: Cerqueira-Santos, Elder
Resumo: A violência contra a mulher apresenta-se em suas mais variadas tipificações e, todas elas, tem evidenciado dados crescentes no Brasil e, no Estado de Alagoas. Aliado a isso, é possível notar uma parcela de mulheres que não denunciam suas experiências de violência e, deste modo, pesquisadores passaram a interessar-se pelo comportamento de permanência em um relacionamento abusivo. Este trabalho objetivou compreender como se dá o processo decisório de manutenção/desistência do relacionamento abusivo, com base na Teoria da Ação Planejada, além de elaborar um instrumento sobre a Intenção Comportamental feminina de permanecer em um relacionamento abusivo. A dissertação é composta por três capítulos, correspondentes a três artigos. No primeiro artigo foram buscados estudos em português, inglês e/ou espanhol em seis bases de dados. Os resultados deste estudo revelam um número inexpressivo de investigações e parece indicar que a aplicabilidade deste tema de estudo, a partir desta teoria, ainda é bastante escassa, apesar de todos os estudos referirem a validade nomológica deste modelo teórico. No segundo artigo foram realizadas entrevistas semiestruturadas individuais com uma amostra de 27 mulheres, entre 18 e 42 anos. Os resultados demonstram as atitudes desfavoráveis das mulheres entrevistadas frente à permanência em relacionamentos abusivos, a pressão social percebida para a execução deste comportamento revela a religião e a família como fatores que podem atuar tanto enquanto proteção quanto risco. E para o controle comportamental percebido, a dependência financeira, dependência emocional e a proteção dos filhos foram os principais fatores apontados como obstáculos para a saída destes relacionamentos. O último estudo realizou-se em duas etapas: (1) análise de crenças para a construção de um instrumento quantitativo; e (2) aplicação desse instrumento. Na primeira etapa, participaram 27 mulheres universitárias e realizou-se através de entrevistas semiestruturadas e, na segunda etapa 874 mulheres universitárias responderam o questionário. Os resultados demonstram que a intenção das mulheres de permanecer em um relacionamento abusivo está associada apenas as normas subjetivas, ou seja, a pressão social percebida, indicando a influência da cultura do patriarcado diante desta decisão. Os resultados desta dissertação são inéditos na literatura brasileira e podem contribuir com a contextualização de políticas públicas mais efetivas no enfrentamento deste fenômeno.
Abstract: Violence against women presents in its most varied types, and all of them have evidenced increasing data in Brazil and, in the State of Alagoas. Allied to this, it is possible to notice a portion of women who do not denounce their experiences of violence and, thus, researchers have become interested in the behavior of permanence in an abusive relationship. This study has the objective of understanding how the decision process of maintenance / abandonment of abusive relationship, based on the Theory of Planned Action, takes place, as well as to elaborate an instrument on the Female Behavior of being in an abusive relationship. The dissertation is composed of three chapters, corresponding to three articles. In the first article, studies were searched in Portuguese, English and / or Spanish in six databases. The results of this study reveal an inexpressive number of investigations and it seems to indicate that the applicability of this topic of study, from this theory, is still very scarce, although all studies refer to the nomological validity of this theoretical model. In the second article, individual semi-structured interviews were conducted with a sample of 27 women between the ages of 18 and 42. The results demonstrate the unfavorable attitudes of the interviewed women towards staying in abusive relationships, the perceived social pressure to perform this behavior reveals religion and the family as factors that can act both as protection and risk. And for perceived behavioral control, financial dependence, emotional dependence, and child protection were the main factors identified as obstacles to the exit of these relationships. The last study was carried out in two stages: (1) belief analysis for the construction of a quantitative instrument; and (2) application of this instrument. In the first stage, 27 university women participated and were conducted through semi-structured interviews and, in the second stage, 874 university women answered the questionnaire. The results demonstrate that the intention of women to remain in an abusive relationship is only associated with subjective norms, that is, perceived social pressure, indicating the influence of the culture of the patriarchy against this decision. The results of this dissertation are unpublished in Brazilian literature and may contribute to the contextualisation of more effective public policies in the face of this phenomenon.
Palavras-chave: Relacionamento abusivo
Teoria da ação planejada
Mulheres
Abusive Relationship
Theory of Planned Action
Women
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Alagoas
Sigla da Instituição: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citação: GOMES, Ingridd Raphaelle Rolim. A intenção feminina de permanecer em um relacionamento abusivo. 2018. 95 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/3223
Data do documento: 28-Mar-2018
Aparece nas coleções:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - IP

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
A intenção feminina de permanecer em um relacionamento abusivo.pdf1.42 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.