Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/2955
metadata.dc.type: Dissertação
Title: A interpretação da sentença com verbos simples (plain verbs): a ambiguidade em construções com os verbos abraçar e conversar em LIBRAS.
Other Titles: The interpretation of sentence with Plain verb: the ambiguity in constructions with the verbs To Hung and To Talk in LIBRAS.
metadata.dc.creator: Pinto , Charridy Max Fontes
metadata.dc.contributor.advisor1: Magalhães , Telma Moreira Vianna
metadata.dc.contributor.referee1: Sedrins, Adeílson Pinheiro
metadata.dc.contributor.referee2: Bento, Nanci Araújo
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação tem como finalidade de estudo a ambiguidade encontrada em sentenças com verbos simples biargumentais conversar e abraçar (plain verbs) em orações simples e declarativas em Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). O objetivo é averiguar o fenômeno da ambiguidade e seus reflexos na ordem sintática dos respectivos verbos a partir das pesquisas existentes em sintaxe em língua de sinais. Por ser uma língua ainda pouco descrita, pretendemos com esse trabalho contribuir para uma maior compreensão no que diz respeito ao funcionamento da ordem dos constituintes em uma sintaxe espacial. A ordem básica encontrada nessas línguas é a SVO, mas outras possibilidades de reordenação são realizáveis ainda que, neste caso, sejam percebidas ambiguidades quando os argumentos são reordenados. Segundo trabalhos de Fisher (2014) e Quadros (1999) a ambiguidade seria desfeita a partir do processo da topicalização, no entanto, nossos dados nos mostraram que a topicalização mantém a ambuiguidade. Para desfazer a ambiguidade e a reordenação da sentença, o traço semântico do verbo desempenha um papel importante já que se observa que ao mover os argumentos dos verbos como conversar/abraçar para o início da sentença tivemos como resultado a ordem SV não-ambígua. A teoria adotada foi a Teoria Gerativa, especificamente a Teoria dos Princípios e Parâmetros (P&P). Acerca da metodologia, foi adotado o Julgamento de Aceitabilidade na qual os informantes, a partir do seu conhecimento inato de língua, sinalizavam a aceitabilidade ou não das sentenças. Concluímos que o traço semântico e a simetria verbal influenciam a ordem e a interpretação sintática.
Abstract: This dissertation has as object of study the ambiguity founded in sentences with simple biargumentals verbs to talk and to embrace (plain verbs) in simple and declarative sentences in Brazilian Sign Language (LIBRAS). The objective is to ascertain the phenomenon of ambiguity and its reflexes in the syntactic order of the respective verbs from the existing researches in sign language syntax. Because it is a language that has not yet been described, we intend with this work to contribute to a greater understanding regarding the functioning of the order of the constituents in a spatial syntax. The basic order founded in these languages is the SVO, but other possibilities of reordering are feasible even if, in this case, ambiguities are perceived when the arguments are reorded. According to Fisher (2014) and Quadros (1999), ambiguity would be undone from the topicalization process, however, our data showed us that topicalization maintains the ambiguity. To unmake the ambiguity and the reordering of the sentence, the semantic trait of the verb plays an important role since it is observed that when moving the arguments of the verbs like talk / embrace to the beginning of the sentence we have resulted in the nonambiguous SV order. The theory adopted was the Generative Theory, specifically the Theory of Principles and Parameters (P & P). Regarding the methodology, the Judgment of Acceptability was adopted in which the informants from their innate knowledge of language signaled the acceptability or not of the sentences. We conclude that semantic trait and verbal symmetry influence order and syntactic interpretation
Keywords: Línguas de sinais
Língua Brasileira de sinais
Sintaxe
Verbos
Sign languages
Brazilian sign language
Syntax
Verb
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística
Citation: PINTO, Charridy Max Fontes. A interpretação da sentença com verbos simples (plain verbs): a ambiguidade em construções com os verbos abraçar e conversar em LIBRAS. 2017. 86 f. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Faculdade de Letras, Programa de Pós Graduação em Letras e Linguística, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2017.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/2955
Issue Date: 20-Dec-2017
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - FALE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
A interpretação da sentença com verbos simples (plain verbs).pdfA interpretação da sentença com verbos simples (plain verbs): a ambiguidade em construções com os verbos abraçar e conversar em LIBRAS.1,25 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.