Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/2723
metadata.dc.type: Tese
Title: Ventilação natural em edificações residenciais: parâmetros normativos para configuração das aberturas
Other Titles: Natural ventilation in residential buildings: standard parameters for opening configuration
metadata.dc.creator: Passos, Isabela Cristina da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Bittencourt, Leonardo Salazar
metadata.dc.contributor.referee1: Barbirato, Gianna Melo
metadata.dc.contributor.referee2: Batista, Juliana Oliveira
metadata.dc.contributor.referee3: Pedrini, Aldomar
metadata.dc.contributor.referee4: Cândido, Christhina Maria
metadata.dc.description.resumo: A ventilação natural é um dos principais fenômenos que afetam a sensação de conforto térmico em regiões de clima tropical. Sua utilização como estratégia bioclimática pode significar uma importante economia de energia com sistemas de condicionamento de ar. Entretanto, as recomendações normativas em vigor são incompletas e divergentes quanto ao uso da ventilação natural nas edificações. O presente trabalho buscou identificar parâmetros de configuração das aberturas que possam ser incorporados às Normas Brasileiras de desempenho para uma melhor orientação aos projetistas. Para isto foram realizadas análises paramétricas através de simulações computacionais com o software PHOENICS VR 3.6.1 que é um programa CFD – Dinâmica dos Fluidos Computacional. Foi escolhido um modelo de edificação multifamiliar residencial representativo dentre as tipologias existentes no Brasil, que possibilitou a simulação de diferentes configurações de aberturas variando o dimensionamento das aberturas de entrada e saída, a porosidade das portas internas e a orientação em relação aos ângulos de incidência dos ventos. As simulações foram realizadas considerando a velocidade externa do ar igual a 2m/s e 3m/s, que correspondem aos valores médios mais frequentes nas capitais brasileiras. As modificações realizadas resultaram num total de 26 modelos simulados e em cada um deles foram considerados abertos todos os ambientes do pavimento térreo e do terceiro pavimento. Em geral, os modelos com maior área de abertura e maior porosidade da porta obtiveram maiores valores de velocidade interna, sendo que os modelos com o vento incidindo a 135° tiveram uma distribuição mais uniforme no interior dos apartamentos. O modelo que apresentou maior frequência de velocidades médias internas acima de 0,4m/s foi o modelo com 25% de área de abertura em relação à área do piso, 100% de porosidade das portas internas e 48% de área de abertura de saída em relação á área de abertura de entrada na unidade habitacional. Os resultados mostraram a forte influência do dimensionamento das aberturas, da porosidade das portas internas e da orientação no desempenho da ventilação natural, levando a crer que só o dimensionamento das aberturas de entrada não é suficiente para proporcionar um desempenho satisfatório da ventilação natural em edificações residenciais. Foram elaboradas recomendações para a configuração das aberturas em edificações residenciais brasileiras de acordo com a Zona Bioclimática da qual fazem parte. Sugere-se que as recomendações normativas sejam revistas considerando os resultados encontrados nesta tese.
Abstract: Natural ventilation is one of the main phenomena that affect thermal comfort in tropical climate regions. Its use as a bioclimatic strategy can mean energy saving with air conditioning systems. However, the normative recommendations in Brazil are incomplete and divergent, in relation to natural ventilation in buildings use. The majority of them refers only to the entrance opening area, relating it to the floor area, showing the lack of a standard that consider, in an integrated way, openings dimension and others important aspects that affect natural ventilation in buildings. The present work sought to identify parameters of openings configuration that can be incorporated into the Brazilian Standards for a better orientation to the designers. Parametric analyzes were performed with Computational Fluid Dynamics (CFD) modeling through the PHOENICS VR 3.6.1 program. A representative model of a multifamily residential building was chosen which allowed the simulation of several variables that influence natural ventilation performance. This model was adapted with different configurations of openings by varying the size of inlet and outlet openings, the porosity of internal doors and the orientation in relation to external winds. The modifications made resulted in a total of 26 simulated models which in each of them were considered open all rooms of ground floor and third floor. Initially, the models were simulated with external air velocity of 2m/s, which was the average between Brazilian capitals, as well as the most frequent average value. After that, the best and the worst cases were simulated using the external air velocity of 3m/s, in order to compare them. The results were divided into qualitative and quantitative data. In general, the models with greater opening area and greater door porosity obtained greater results of internal air speed, being that the models with the wind incident to 135 ° had a more uniform distribution between the apartments. The model with the highest frequency of internal velocities above 0,4 m/s was the model with 25% opening area in relation to the floor area, 100% porosity of the internal doors and 48% of outlet opening area in relation to the inlet opening area in the apartment. The results showed the strong influence of openings design, internal doors porosity and orientation in the natural ventilation performance, leading to believe that only the size of the entrance openings is not sufficient to provide a satisfactory natural ventilation performance in residential buildings. Recommendations for windows configuration in residential building in Brazil were elaborated according to the Bioclimatic Zoning. It is suggested that the normative recommendations be reviewed considering the recommendations made in this thesis.
Keywords: Edificações residenciais multifamiliares
Ventilação natural
Aberturas
Residential Buildings
Natural Ventilation
Openings
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO::TECNOLOGIA DE ARQUITETURA E URBANISMO::ADEQUACAO AMBIENTAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo
Citation: TIBÚRCIO, Isabela Cristina da Silva Passos. Ventilação natural em edificações residenciais: parâmetros normativos para configuração das aberturas. 2017. 207 f. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo : Dinâmicas do Espaço Habitado) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2018.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/2723
Issue Date: 27-Oct-2017
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - FAU

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ventilação natural em edificações residenciais_ parâmetros normativos para configuração das aberturas.pdfVentilação natural em edificações residenciais: parâmetros normativos para configuração das aberturas8,05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.