Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/1562
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Avaliação da NBR 15575 quanto ao desempenho térmico e luminoso: estudo de caso em Maceió-AL
Other Titles: Evaluation of NBR 15575 on termal and luminous performance: case study in Maceió-AL
metadata.dc.creator: Nascimento, Thássia Catherine Costa
metadata.dc.contributor.advisor1: Batista, Juliana Oliveira
metadata.dc.contributor.referee1: Pedrini, Aldomar
metadata.dc.contributor.referee2: Cabús, Ricardo Carvalho
metadata.dc.contributor.referee3: Bittencourt, Leonardo Salazar
metadata.dc.description.resumo: A entrada em vigor da NBR15575 em 2013 representou um importante marco na busca por edificações de qualidade no Brasil. Esta dissertação tem como objetivo principal avaliar as classificações de desempenho da NBR15575/2013 em relação às suas contribuições para o atendimento às exigências de conforto térmico e luminoso de uma edificação residencial multifamiliar, na cidade de Maceió-AL. A investigação baseou-se em um estudo de caso de uma edificação de 12 pavimentos, localizada no bairro de Jatiúca, Maceió. Foram feitas simulações com os programas Troplux 7.0 e EnergyPlus 8.1.0 para o quarto de casal em unidades habitacionais (UHs) no 1º e 12º pavimentos. As UHs orientadas a norte, sul, leste e oeste foram avaliadas quanto ao desempenho luminoso e a leste e oeste quanto ao desempenho térmico. Na mesa d’água foi simulado o pavimento tipo e a edificação locada no seu entorno, para análise do fluxo da ventilação natural correspondente aos ventos mais frequentes na cidade. Para a avaliação de desempenho, os resultados foram divididos em dois grupos: Grupo1, critérios e parâmetros baseados na NBR15575/2013 e Grupo2, fundamentado em normas internacionais (ASHRAE 55 e BS EN15251) e em estudos científicos já realizados na área. Para a avaliação do desempenho luminoso do Grupo1, restrita a 4 momentos isolados do ano, observou-se que a norma distancia sua avaliação da realidade de uso da edificação. Considerando todos os dias do ano, no Grupo2, foi possível identificar períodos nos quais o usuário pode evitar a iluminação artificial como complemento. Observou-se coerência entre os resultados dos critérios de porcentagem de área do ambiente (PA) e de porcentagem de horas do ambiente dentro do intervalo de UDI (PH), sendo possível avaliar a distribuição da luz no ambiente, Com a classificação final do Grupo1 (Superior) e do Grupo2 (Intermediária), percebeu-se que o limite mínimo de iluminância dado pela norma pode não ser suficiente para garantir o conforto visual dos usuários, podendo haver excesso de luz, grandes contrastes no ambiente e a consequente probabilidade de desconforto, recomendando-se estabelecer um limite máximo de iluminâncias. Com relação ao desempenho térmico, a norma apresentou contradição quando coloca o atendimento às exigências do usuário como condição de classificação de desempenho, mas desconsidera a presença das cargas térmicas internas no ambiente avaliado. A classificação final do caso sem cargas térmicas internas foi Mínima, enquanto a adição das cargas resultou em classificação insuficiente. Nos resultados obtidos no Grupo2, os casos com uso exclusivo de ventilação natural obtiveram classificação Insuficiente e com uso de ar condicionado (AC) a classificação subiu para Mínima (AC 8h/dia) e Intermediária (AC 16h/dia). Os dados detalhados para as análises possibilitaram identificar o tempo em que o ambiente permaneceu em conforto e a intensidade do desconforto em cada mês, informações úteis para a melhoria do projeto. A classificação de desempenho adotada pela NBR15575 pode não expressar adequadamente o nível de conforto dos usuários da edificação, sendo importantes novos estudos sobre a adoção de níveis de classificação de desempenho associados ao conforto dos usuários contribuindo para a melhoria da qualidade das edificações brasileiras.
Abstract: The approval of law NBR15575 in 2013 represented an important milestone in the search for quality buildings in Brazil. The objective of this dissertation is to evaluate performance ratings of NBR15575/2013 regarding its contributions to meeting the thermal and luminosity requirements for a multifamily residential building in the city of Maceió-AL. Our research was based on the case study of a 12-story building, located in the Jatiúca neighborhood, Maceió. Simulations were done with the programs Troplux 7.0 and EnergyPlus 8.1.0 for the double rooms in housing units (UHs) on the 1st and 12th floors. The north, south, east and west oriented UHs were evaluated for light performance and east and west for thermal performance. The standard floor plan of the building and surroundings were simulated on the water table to analyze natural ventilation flows generated by the most frequent winds in the city. Results were divided into two groups: Group1, criteria and parameters based on NBR15575/2013 and Group2, based on international standards (ASHRAE 55 and BS EN15251) and scientific studies already carried out in the area. Evaluation of the luminosity performance of Group 1, was restricted to 4 moments of the year. It was observed that the standard distances its evaluation of the reality of use of the building. Considering every day of the year, in Group2, it was possible to identify periods in which the user can avoid artificial lighting as a complement. Coherence was observed between the results of the criteria of percentage of environmental area (PA) and percentage of hours of the environment within the range of UDI (PH), it being possible to evaluate the distribution of light in the environment. With the final classification of Group1 (Superior) and Group2 (Intermediate), it was observed that the minimum limit of illuminance given by the standard may not be enough to guarantee the visual comfort of the users, there being a possible excess of light, strong contrasting in the environment and the consequent probability of discomfort, which recommends establishment of maximum limits of illuminance. Regarding thermal performance, the standard was contradictory when it places fulfillment of user requirements as a condition of performance classification, but does not consider the presence of internal thermal loads in the evaluated environment. The final classification of the case without internal thermal loads was Minimal, while addition of the loads resulted in an Insufficient classification. In results obtained in Group2, cases with exclusive use of natural ventilation obtained an Insufficient rating and with air conditioning (AC), classification increased to Minimum (AC 8h/day) and Intermediate (AC 16h/day). Detailed data for the analyses allowed identifying the time in which the environment remained in comfort and the intensity of discomfort in each month, useful information for improvement of the project. Performance classifications adopted by NBR15575 may not adequately express the level of comfort of the building’s users, it being important to undertake new studies relating to adoption of levels of performance classification associated with user comfort, thus contributing to the qualitative improvement of Brazilian buildings.
Keywords: NBR 15575 - utilização
Desempenho térmico e luminoso
Habitação multifamiliar - Maceió
Simulação por computador
Thermal and luminous performance
Multi-family housing
Computer simulation
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo
Citation: NASCIMENTO, Thássia Catherine Costa. Avaliação da NBR 15575 quanto ao desempenho térmico e luminoso: estudo de caso em Maceió-AL. 2016. 182 f. Dissertação (Mestrado em Dinâmicas do Espaço Habitado) - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2016.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/1562
Issue Date: 23-Aug-2016
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - FAU



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.