Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/1304
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Percepção das comunidades locais sobre a turistificação da Rota Ecológica em Alagoas
Other Titles: Perception of local communities about the touristification of Ecological Route in Alagoas
metadata.dc.creator: Camêlo, Ana Rísia Soares
metadata.dc.contributor.advisor1: Araújo, Lindemberg Medeiros
metadata.dc.contributor.referee1: Selva, Vanice Santiago Fragoso
metadata.dc.contributor.referee2: Faria, Geraldo Majela Gaudêncio
metadata.dc.contributor.referee3: Ferrare, Josemary Omena Passos
metadata.dc.description.resumo: Este estudo examina como a população dos povoados litorâneos dos municípios de Passo de Camaragibe, São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras percebem a inserção das pousadas da Rota Ecológica no lugar onde eles moram. A atividade turística se materializa nos destinos como um segmento econômico dinamizador dos lugares em que se instala e reorganizador do espaço para atender interesses de determinados investidores, podendo apresentar, ao mesmo tempo, mudanças positivas e negativas, variando de acordo com as diferentes formas pelas quais cada lugar é turistificado. Frente às mudanças negativas causadas pelo turismo, nos mais variados lugares em todo o mundo, vêm aumentando os questionamentos sobre os impactos do turismo de massa. Com isso, formas alternativas de desenvolvimento turístico vêm sendo desenvolvidas, o que representa um contraponto ao turismo de massa. Na Rota Ecológica, pousadas que apresentam características semelhantes aos meios de hospedagem dos chamados “roteiros charme” se instalaram localmente, oferecendo tipos de serviços diferenciados, associados de alguma forma com a noção de desenvolvimento sustentável, valorizando o meio ambiente, a sociedade e a cultura local. Para verificar como ocorre a interação entre a atividade das pousadas da Rota Ecológica e os moradores dos povoados locais, este estudo teve como base a percepção geográfica dos residentes a respeito da chegada desses empreendimentos hoteleiros nos seus lugares. O estudo adotou uma abordagem qualitativa, com o emprego de observação direta, registro fotográfico e entrevistas semiestruturadas, realizadas com 12 pessoas da população local dos três municípios. Os dados da pesquisa são analisados de forma qualitativa, considerando-se temas chave, relacionados a aspectos sociais, econômicos, culturais e ambientas. Os resultados apontam para uma relativa aceitação da atividade turística como sendo benéfica na percepção dos moradores dos povoados da Rota Ecológica, apesar de também tecerem críticas em relação a alguns aspectos da inserção dessas pousadas e do turismo em seus lugares.
Abstract: This study examines how the population of littoral villages of the municipalities of Passo de Camaragibe, São Miguel dos Milagres and Porto de Pedras (Rota Ecológica) perceive the arrival of small-scale accommodations (pousadas) in their places. Tourist activities are an economic segment that brings new life to the places where they develop and they re-organize the local space in order to meet their interests, causing simultaneously both positive and negative changes, which vary according to the touristification style that is adopted. There has been an increase in the critique regarding mass tourism negative impacts around the world. In turn, alternative forms of tourism development have emerged as a type of counterpoint to mass tourism. A number of pousadas that are similar to the accommodations related to the so-called “routes of charm” have been built in the Rota Ecológica. The pousadas offer particular types of services that are also somehow associated with the notion of sustainable development, in which the values of the environment, of local societies and the culture are emphasized. In order to examine the interaction between the pousadas of the Rota Ecológica and the local population, this study explored the geographical perception of key residents regarding the construction of such accommodations in the interviewers’ places. The study used a qualitative approach based on direct observation, photographic survey, and semi-structured interviews that were run with 12 local residents of villages in the three above-mentioned municipalities. Data were analyzed in a qualitative way based on themes related to the social, economic, cultural and environmental aspects of the villages involved in the study. Results show that the interviewers have an over-all positive perception about tourism development in the Rota Ecológica based on the pousadas despite the fact that they also identify a few key problems related to the construction and operation of the pousadas in point in their places.
Keywords: Turistificação
Rota ecológica
Alagoas
Comunidades - percepção
Touristification
Ecological route
Communities - Perception
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo
Citation: CAMÊLO, Ana Rísia Soares. Percepção das comunidades locais sobre a turistificação da Rota Ecológica em Alagoas. 2016. 232 f. Dissertação (Mestrado em Dinâmicas do Espaço Habitado) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2016.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/1304
Issue Date: 18-Jan-2016
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - FAU

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Percepcao das comunidades locais sobre a turistificacao da rota ecologica em Alagoas.pdf8.39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.