Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/1268
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Estágio curricular supervisionado na rede de saúde/SUS: análise de documentos do Ministério da Saúde
Other Titles: Supervised internship in health/SUS: analysis of documents of the Ministry of Health
metadata.dc.creator: Santana, Barbara Moraes
metadata.dc.contributor.advisor1: Bernardes, Jefferson de Souza
metadata.dc.contributor.referee1: Azevedo, Cristina Camelo de
metadata.dc.contributor.referee2: Cabral, Bárbara Eleonora Bezerra
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa discute a formação em saúde com recorte no Estágio Curricular Supervisionado dos cursos de graduação em saúde, visto sua importância como estratégia de Educação Permanente dos profissionais dos serviços de saúde. Considerando o Sistema Único de Saúde orientador da formação dos profissionais e as atuais estratégias do Ministério da Saúde (que visam a aproximação entre o ensino e o serviço), este projeto objetiva compreender que concepções de Estágio Curricular Supervisionado são produzidas nos documentos do Ministério da Saúde para os cursos de graduação da saúde. As atividades práticas e de estágio se configuram hoje como o principal elo entre a graduação e o serviço e se propõem a preparar o estudante para a prática profissional por meio da convivência com a realidade e com os atores do serviço de saúde. Por isso, os documentos que consolidam o SUS nos fornecem argumentos para a construção de propostas pedagógicas e princípios que possibilitam a busca por modelos de formação mais coerentes com as necessidades da população. O referencial teórico-metodológico utilizado foi o das Práticas Discursivas e Produção de Sentidos, constituindo um convite ao diálogo com os documentos acerca do estágio curricular supervisionado tendo como território o cotidiano do Sistema Único de Saúde. A análise de documentos é um recurso que possibilita um maior intercâmbio de informações, possibilitando fluidez de discursos e de negociações diversas entre autores e documentos. Na pesquisa, selecionamos os documentos do Ministério da Saúde que norteiamos serviços de saúde ou as atividades de formação no SUS. Os documentos foram organizados em Mapas Dialógicos e a partir destes, identificamos os repertórios linguísticos. Os repertórios foram analisados para formar conjunto de sentidos sobre a formação e estratégias de ensino possíveis para a organização pedagógica do estágio. Foram construídas sete categorias e duas delas, Estratégias de ensino e Estágio, foram descritas tendo as demais como discussões transversais no intuito de identificar princípios, diretrizes e direcionamentos metodológicos, para uma possível proposta pedagógica de estágio curricular supervisionado. Os resultados nos afirmam rupturas com o modelo tradicional de ensino, sugerindo metodologias de ensino ascendentes e transformadoras, inclusivas, tendo a atenção básica e o principio da integralidade como norteadores e a inclusão como estratégia para uma formação mais participativa, tendo a prática como principal estratégia de ensino, objetivando uma aprendizagem significativa e capaz de promover mudanças institucionais.
Abstract: This reseach discusses professional training in health focusing on supervisioned academic internship at healthcare graduation courses, taking its relevance as a permanent education strategy to health service professionals. Considering SUS as a determinant to both professional education and current MS strategies (which seek to approximate practice and education), this research aims at understanding which supervisioned academic internship conceptions are made present on MS files regarding health graduation courses. Practical activities and internships constitute today the main link between graduation and practice, traiming to prepare the student for professional practice based on the interaction with reality and health service actors. In this sense, the files that consolidate SUS provide arguments on the formulation of pedagogical planing and principles, whch validate the search for graduation models adequate to the needs of the population. The theoretical and methodological background used was Discursive practices and production of meanings, which constitute of an invitation to dialogue with the documents about supervisioned academic intership that take place in SUS. The documental analysis is a tool which enables a better exchange of informations and allows the flow of discourses and negotioations among actors and files. On this research we will use documents from MS that guide health services or professional training activities. The files were organized in dialogical maps and, based on those, we identified linguistic repertoires. The latter were analysed in order to formulate an assembly of meanings about professional training and possible educational strategies concerning the pedagogical organization of intership. There were constituted seven categories and two of them, Estratégias de ensino and Estágio, were described as having the others as transversal discussions, aiming at identifying principles, guidelines and methodological directions for a possible supervisioned academic training proposition. The results show ruptures in comparison to the traditional educational model, sugesting ascendent and transforming, inclusive methodologies guided by primary care and the principle of integrality, and inclusion as a strategy to a more participative academic education, having practice as main educational strategy, towards a meaningful learning experience capable of promotinginstitutional changes.
Keywords: Saúde - Formação
Estágio curricular supervisionado
SUS (Sistema Único de Saúde)
Atendimento humanizado
Health-training
Supervised internship
Attendance humanized
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: SANTANA, Barbara Moraes. Estágio curricular supervisionado na rede de saúde/SUS: análise de documentos do Ministério da Saúde. 2015. 90f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2015.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/1268
Issue Date: 13-Apr-2015
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - IP

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Estagio curricular supervisionado na rede de saude sus....pdf1,49 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.