Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/1229
Tipo: Dissertação
Título: Da teoria à prática: o estudo dos ecossistemas recifais com base na aula de campo para alunos do ensino médio
Título(s) alternativo(s): From theory to practice: the study of the reef ecosystems based on Field classes for high school students
Autor(es): Oliveira, Alana Priscila Lima de
Primeiro Orientador: Correia, Monica Dorigo
Primeiro Membro da Banca: Pinheiro, Ulisses dos Santos
Segundo Membro da Banca: Sovierzoski, Hilda Helena
Terceiro Membro da Banca: Rodrigues, Augusto Ferreira
Resumo: A presente pesquisa foi desenvolvida com base em uma metodologia educacional utilizando atividades em aula de campo. Esta prática pode ser realizada em vários níveis de escolaridade e vem demonstrando ser eficaz no processo de ensino-aprendizagem para os conteúdos relacionados às Ciências Naturais. O trabalho foi redigido em formato de artigos, compreendendo um total de três manuscritos, que foram submetidos para revistas das áreas de ensino e educação. Como objetivo central optou-se demonstrar a importância das aulas de campo no estudo sobre o ecossistema recifal para alunos do Ensino Médio. Os participantes da pesquisa foram alunos de duas turmas do 3° ano do Ensino Médio de uma escola estadual de São Miguel dos Campos, Alagoas. Nas etapas do presente estudo foram realizadas aulas teóricas, seguidas de aulas de campo em dois diferentes ecossistemas recifais característicos do litoral alagoano. Escolheu-se o recife de coral localizado na Ponta Verde, litoral urbano do município de Maceió e o recife de arenito do Francês, situado no município de Marechal Deodoro. Inicialmente, a proposta deste trabalho foi apresentada para a coordenação da escola e depois para os alunos, incluindo uma aula teórica sobre o assunto e demais explicações que se fizeram necessárias. Durante as aulas de campo os alunos fizeram registros por meio de anotações e fotografias que foram base para a elaboração de diários de bordo. Antes e após estas aulas os discentes responderam a questionários de múltipla escolha para o registro do conteúdo absorvido. Os resultados demonstraram que as aulas de campo e a metodologia utilizada favoreceram a aprendizagem, pois foi constatada a ampliação do conhecimento e da percepção dos alunos acerca do tema abordado. Ao final, foram confeccionados e apresentados pelos próprios alunos diários de bordo, os quais demonstraram ser uma importante ferramenta na captação de informações relevantes, além de promover a conscientização ambiental dos discentes e dos demais envolvidos ao longo das etapas realizadas. Um momento de produção e exposição de material produzido pelos alunos após as aulas de campo marcou o final das atividades, com a presença de alunos de outras turmas prestigiando as apresentações que aconteceram no pátio da referida escola.
Abstract: The present research was developed based on a methodology educational using activities in the field classes. This practice can be done at various levels of education and has been shown to be effective in teaching for learning in content related to Natural Sciences. The work was written in the form of articles, comprising a total of three manuscripts that were submitted to the journals in teaching and education. The main of the presented paper was to demonstrate the importance of field classes in the study of the reef ecosystems for high school students. Survey participants were students from two classes of 3rd year of high school from the state school in Sao Miguel dos Campos, Alagoas. In the steps of the present study were conducted lectures followed by field classes in two different reef ecosystems characteristic of the coast of Alagoas. The first was the Ponta Verde coral reef located in urban coastal of Maceió city and the other was Francês sandstone reef located in the municipality of Marechal Deodoro. Initially, this work was presented for the coordination of school and then for students, including a lecture on the subject and explanations necessary. During the lessons the students made their field records through notes and photographs that were the basis for the preparation of logbooks. Before and after these classes the students answered multiple-choice questionnaires to record the content absorbed. The results showed that the classes with field methodology favored the teaching learning process, because it was found to increase knowledge and awareness of students about the theme. At the end of this work were prepared and presented by the students regarding logbooks, which they proved to be an important tool for capturing information relevant to the process of teaching and learning, and promote environmental awareness of students and other engaged throughout the learning process performed. A moment of production and exhibition of material produced by the students after class field marked the end of the activities, the presence of students from other classes honoring the presentations that took place in the courtyard of this school.
Palavras-chave: Ecossistema recifal.
Aula de campo.
Ensino-Aprendizagem.
Preservação ambiental.
Reef ecosystem.
Field class.
Teaching-Learning.
Environmental conservation.
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Alagoas
Sigla da Instituição: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática
Citação: OLIVEIRA, Alana Priscila Lima de. Da teoria à prática: o estudo dos ecossistemas recifais com base na aula de campo para alunos do ensino médio. 2013. 119 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) – Centro de Educação, Programa de Pós Graduação em Ensino de Ciências e Matemática, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/1229
Data do documento: 25-Out-2013
Aparece nas coleções:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - CEDU



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.