00 CAMPUS ARISTÓTELES CALAZANS SIMÕES (CAMPUS A. C. SIMÕES) EENF - ESCOLA DE ENFERMAGEM TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO - EENF Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) - Graduação - ENFERMAGEM - EENF
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufal.br/jspui/handle/riufal/6739
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Determinantes da síndrome de Burnout em enfermeiros que trabalham em UTI: revisão integrativa
Título(s) alternativo(s): Determinants of Burnout sydrome in nurses working in icu: integrative review
Autor(es): Dantas, Hallana Laisa de Lima
Primeiro Orientador: Almeida, Lenira Maria Wanderley Santos de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Oliveira, Keila Cristina Pereira do Nascimento
metadata.dc.contributor.referee1: Maciel, Maria da Piedade de Gomes Souza
Resumo: INTRODUÇÃO: O presente trabalho tem por objeto a Síndrome de Burnout (SB) em enfermeiros que trabalham em unidade de terapia intensiva (UTI). A SB pode ser compreendida em um modelo teórico tridimensional, alicerçado na perspectiva psicossocial. De acordo com esse modelo, a manifestação sindrômica ocorre em três dimensões: a Exaustão Emocional (EE), a Despersonalização (DS) e a falta de Realização Profissional (RP). OBJETIVOS: identificar fatores determinantes da Síndrome de Burnout em enfermeiros que trabalham em UTI, com base na produção científica pesquisada e discutir os achados à luz da literatura pertinente. MÉTODO: Trata-se de uma Revisão Integrativa, que sistematiza os resultados de pesquisa e as evidências sobre o tema de estudo. Pesquisou-se artigos publicados nos últimos 20 anos (1999 -2019), com buscas realizadas no período de outubro a dezembro de 2019. Os descritores utilizados foram gerados a partir da lista de Descritores em Ciências da Saúde (DeCS) submetidos as bases Scielo, SCOPUS, LILACS, CINAHL, MedCaribe, BDEnf, Science Direct e Medline. Foram encontrados, inicialmente, 3038 registros. Desses, em conformidade com os critérios de inclusão e exclusão, selecionados 13 artigos que foram caracterizados e sumarizados para análise e abordagem descritiva. Destaca-se que foram seguidas as recomendações do checklist com 27 itens do Statement for Reporting Systematic Reviews and Meta-Analyses of Studie (PRISMA) e a estratégia PICO. RESULTADOS: Segundo os estudos pesquisados os principais determinantes da Síndrome de Burnout em enfermeiros que trabalham em UTI são: padrão de sono, outros transtorno mentais, recursos humanos/materiais, carga de trabalho, enfrentamento da morte e sofrimento humano, outros vínculos empregatícios, idade e experiência profissional, relacionamento interpessoal e complexidade técnico-científica da UTI. O local com mais estudos a respeito da temática no Brasil foi a região sul, registrou baixa prevalência da Síndrome de Burnout, com valores inferiores a 40% dos sujeitos analisados; a maioria expressiva dos estudos são quantitativos. CONCLUSÃO: Através dos resultados fica em evidência que há um grande número de profissionais enfermeiros de UTI acometidos pela SB, que se encontram exaustos física e emocionalmente, sem amparo psicológico das instituições hospitalares que os emprega, susceptíveis a desenvolver perturbações dos sistemas reprodutor, cardiovascular e metabólico, além do escapismo para o abuso de drogas (álcool e tabaco). Ficou evidente dados diferentes na relação da SB com os mesmos determinantes a medida que varia os aspectos culturais e políticos do país.
Abstract: BACKGROUND: The purpose of this study is Burnout Syndrome (SB) in nurses who work in the intensive care unit (ICU). BS can be understood in a three-dimensional theoretical model, based on the psychosocial perspective. According to this model, the syndromic manifestation occurs in three dimensions: Emotional Exhaustion (EE), Depersonalization (DS) and the lack of Professional Achievement (PR). OBJECTIVES: to identify determining factors for Burnout Syndrome in nurses working in the ICU, based on the researched scientific production and to discuss the findings in the light of the relevant literature. METHOD: This is an Integrative Review, which systematizes research results and evidence on the subject of study. We searched for articles published in the last 20 years (1999-2019), with searches carried out from October to December 2019. The descriptors used were generated from the list of Health Sciences Descriptors (DeCS) submitted to the Scielo databases, SCOPUS, LILACS, CINAHL, MedCaribe, BDEnf, Science Direct and Medline. Initially, 3038 records were found. Of these, in accordance with the inclusion and exclusion criteria, 13 articles were selected, which were characterized and summarized for analysis and descriptive approach. It should be noted that the checklist recommendations with 27 items of the Statement for Reporting Systematic Reviews and Meta-Analyzes of Studie (PRISMA) and the PICO strategy were followed. RESULTS: According to studies studied, the main determinants of Burnout Syndrome in nurses who use the ICU are: sleep patterns, other mental disorders, human / material resources, workload, coping with death and human suffering, other employment relationships, age and professional experience , interpersonal relationship and technical-scientific complexity of the ICU. The place with more studies on the respect of the theme in Brazil was in the south, with a low prevalence of Burnout Syndrome, with values below 40% of those analyzed; the significant majority of studies are quantitative. CONCLUSION: Through the results, it is evident that there are a large number of ICU nurse practitioners affected by BS, who are physically and emotionally exhausted, without psychological support from the hospital institutions that employ them, susceptible to developing disorders of the reproductive, cardiovascular and metabolic, in addition to escapism for the use of drugs (alcohol and tobacco). Different data was evident in the relationship of the SB with the same determinants as the cultural and political aspects of the country vary.
Palavras-chave: Unidades de Terapia Intensiva
Enfermagem
Esgotamento profissional
Esgotamento profissional
ICU
Nursing
Stress
Professional exhaustion
Burnout
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Alagoas
Sigla da Instituição: UFAL
metadata.dc.publisher.department: Curso de Enfermagem
Citação: DANTAS, Hallana Laisa de Lima. Determinantes da síndrome de Burnout em enfermeiros que trabalham em UTI: revisão integrativa. 2020. 57 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Enfermagem) - Escola de Enfermagem, Curso de Enfermagem, Universidade Federal de Alagoas, 2020.
Tipo de Acesso: Acesso Embargado
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/6739
Data do documento: 20-fev-2020
Aparece nas coleções:Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) - Graduação - ENFERMAGEM - EENF

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Determinantes da síndrome de Burnout em enfermeiros que trabalham em UTI: revisão integrativa.pdf913.04 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.