00 CAMPUS ARISTÓTELES CALAZANS SIMÕES (CAMPUS A. C. SIMÕES) FALE - FACULDADE DE LETRAS Dissertações e Teses defendidas na UFAL - FALE
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufal.br/jspui/handle/riufal/493
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisor1Zozzoli, Rita Maria Diniz
dc.contributor.advisor1LattesZOZZOLI, Rita Maria Dinizpor
dc.contributor.referee1Tavares, Roseanne Rocha
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4961168921977877por
dc.contributor.referee2Florêncio, Ana Maria Gama
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/7238674881549165por
dc.creatorAzevedo, Luciano Taveira de
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7822501828414640por
dc.date.accessioned2015-08-25T18:29:49Z-
dc.date.available2012-09-04
dc.date.available2015-08-25T18:29:49Z-
dc.date.issued2010-02-26
dc.identifier.citationAZEVEDO, Luciano Taveira de. Discourse and reading : the comprehension activities on high school textbook Português: Linguagens. 2010. 130 f. Dissertação (Mestrado em Linguística; Literatura Brasileira) - Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2010.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufal.br/handle/riufal/493-
dc.description.abstractThe notion of discursive function from the perspective of Discourse Analysis on French bases introduce in languages studies a new path that can be take in account while reading a text. Understanding how language works and makes meaning in its constitutive relation with the socio-historical guides the reading from a conception focused on the appropriation of the text senses to other one that reflects on how the senses are produced. Reading and comprehension on this theoretical perspective are understood as processes that require from the reader an investment about how the senses are built in the narrow relationship established between linguistic materiality and discourse. Based on this conception, we understand that the critical reader is that one who works on the senses and reflect on the historical and social determinations of reading and text. This research seeks, grounded on the theoretical reflections proposed by Bakhtin (2002, 2006), Bakhtin/Voloshinov (2002), Maingueneau (2005, 2008a; 2008b) and Orlandi (1988; 1996; 1999; 2001a; 2001b), to consider the discursive functioning of the text and its implications for the reading process. So, at lights of a discourse theory, this work aims to analyze the reading activities proposed on the textbook Português: Linguagens by Cereja and Magalhães (2005) in order to understand how the authors work on discursive aspects in a section devoted to textual comprehension. Among the methods in which qualitative research is grounded, we chose the content analysis , because we feel that this method allows the study of printed texts, such as official documents, guidelines, educational materials, etc. The content analysis consists on three stages, which are: i) pre-analysis that corresponds to the material organization; ii) analytical description that begins on preevaluation but, at this stage, specifically, the stuff of documents that envolves the research corpus is submitted to a depth study; iii) inferential interpretation that relies on research datas and reaches a potencial of reflection more intense about the material analyzed (TRIVIÑOS, 1987). Based on these theoretical assumptions, we build the analysis corpus which includes eight activities of the Reading section. These activities, focused on reading comprehension, follow the literary study of texts inhered of different movements from brazilian and foreign literature. In a first step, our dates displayed a very important gap that happened between the theory adopted by the authors and the directions about the reading activities. During the analysis process, it was also observed that some discursive aspects are figured in the statement of the questions in a purpose of makes the reading apprentices to infer certain meaning and, rarely, to make them reflect on the discursive functioning of the text. In all analyzed questions, we noticed a strong tendency by the authors to reaffirm a reading practice on the lights of the traditional perspective, although they express adopt a social interactionist perspective and affirm search on the Discourse Analysis theoretical contributions for the work with maternal language teaching.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Alagoaspor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentLinguística; Literatura Brasileirapor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Letras e Linguísticapor
dc.publisher.initialsUFALpor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectReadingeng
dc.subjectComprehensioneng
dc.subjectTextbookeng
dc.subjectDiscourse operationeng
dc.subjectLeiturapor
dc.subjectCompreensãopor
dc.subjectLivro didáticopor
dc.subjectFuncionamento discursivopor
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICApor
dc.titleDiscurso e leitura : as atividades de compreensão no livro didático do ensino médio Português: Linguagenspor
dc.title.alternativeDiscourse and reading : the comprehension activities on high school textbook Português: Linguagenseng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoA noção de funcionamento discursivo, na perspectiva da Análise do Discurso Francesa, introduz nos estudos da linguagem um novo viés pelo qual se pode pensar a leitura de um texto. Entender como a língua funciona e produz sentidos na sua relação constitutiva com o histórico-social desloca a leitura de uma concepção focada na apropriação do(s) sentido(s) do texto para outra que reflete sobre como os sentidos são produzidos. Leitura e compreensão, nessa perspectiva teórica, são entendidas como processos que requerem do leitor um investimento sobre como os sentidos se constituem na estreita relação que se estabelece entre materialidade lingüística e discurso. Partindo dessa concepção, temos que o leitor crítico é aquele que trabalha sobre os sentidos e reflete sobre as determinações histórico-sociais da leitura e do texto. Este trabalho acadêmico busca respaldo teórico nas reflexões propostas por Bakhtin (2002; 2006); Bakhtin/Voloshinov (2002); Maingueneau (2005; 2008a; 2008b) e Orlandi (1988; 1996; 1999; 2001a; 2001b) para pensar o funcionamento discursivo do texto e suas implicações no processo de leitura. Assim, respaldada por uma teoria do discurso, a presente pesquisa tem como objetivo analisar as atividades de leitura propostas no livro didático Português: linguagens de Cereja e Magalhães (2005) a fim de entender como os autores trabalham aspectos da discursividade em seção dedicada à compreensão textual. Dentre os métodos nos quais a pesquisa qualitativa se desdobra, optamos pela a Análise de Conteúdo, por entendermos que esse método permite o estudo de textos impressos, como documentos oficiais, diretrizes, materiais didáticos etc. A Análise de Conteúdo compreende três etapas, a saber: i) pré-análise que corresponde à organização do material; ii) descrição analítica que tem início na pré-análise, mas nesta etapa, especificamente, o material de documentos que constitui o corpus é submetido a um estudo aprofundado; iii) interpretação inferencial que apóia-se nos dados de pesquisa e alcança uma maior intensidade na reflexão sobre o material analisado (TRIVIÑOS, 1987). Com base nesses pressupostos metodológicos, construímos o corpus de análise que compreende oito atividades da seção Leitura. Essas atividades, voltadas para a compreensão textual, acompanham o estudo de textos literários pertencentes a diferentes movimentos da literatura brasileira e estrangeira. Num primeiro momento, nossos dados apontaram para uma lacuna bastante significativa existente entre a teoria adotada pelos autores e o encaminhamento dado às atividades de leitura. Durante a análise, percebeu-se também que aspectos discursivos figuram no enunciado das questões com o objetivo de levar o aluno-leitor a inferir determinados sentidos e, raras vezes, para fazê-lo refletir sobre o funcionamento discursivo do texto. Em todas as questões analisadas, percebemos uma forte tendência por parte dos autores em reiterar uma prática de leitura aos moldes da perspectiva tradicional, embora expressem assumir uma perspectiva sociointeracionista e afirmem buscar na Análise do Discurso contribuições teóricas para o trabalho com o ensino de língua materna.por
Aparece nas coleções:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - FALE

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_LucianoTaveiraDeAzevedo_2010.pdf11.41 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.