00 CAMPUS ARISTÓTELES CALAZANS SIMÕES (CAMPUS A. C. SIMÕES) IQB - Instituto de Química e Biotecnologia TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) - GRADUAÇÃO - IQB Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) - Graduação - QUÍMICA - IQB
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufal.br/jspui/handle/123456789/8536
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Padronização do cultivo de plântulas de tomate (Solanum lycopersicum L.) em laboratório para aplicação em teste ecotoxicológico
Título(s) alternativo(s): Standardization of tomato (Solanum lycopersicum L.) seedling cultivation in laboratory for application in ecotoxicological test
Autor(es): Gonçalves, Andreza Heloiza da Silva
Primeiro Orientador: Silva, Carlos Eduardo de Farias
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Carvalho, Cenira Monteiro de
metadata.dc.contributor.referee1: Costa, Joâo Gomes da
metadata.dc.contributor.referee2: Lima, Dimas José da Paz
Resumo: Atualmente, o tomate é um dos vegetais mais conhecidos e consumidos no mundo, sendo cultivado em regiões tropicais, subtropicais e temperadas. Devido a crescente importância para a agricultura e o interesse comercial, a germinação/crescimento de tomates vem sendo estudada. Vários fatores internos e externos podem interferir na germinação das sementes e crescimento das plântulas, como exemplo, a intensidade de luz que pode interferir positiva ou negativamente. O objetivo deste trabalho foi padronizar uma metodologia para avaliação de ecotoxicidade de efluentes utilizando sementes de tomate (Solanum lycopersicum L.; Solanaceae), sendo quatro cultivares diferentes (Carolina, Yashi, Kada e Chapolin), observando assim o desenvolvimento das plântulas irrigadas com os efluentes, otimizando parâmetros operacionais. Os principais parâmetros avaliados foram intensidade de luz, quantidade de água diária no processo de irrigação e relação de substrato(solo)/planta no cultivo. As variáveis analisadas foram a porcentagem de germinação da semente, comprimento da parte aérea e da radícula, produzida por cada cultivar. Com os melhores valores obtidos na padronização, , foram realizados testes ecotoxicológicos com efluentes químicos e agroindustriais, mais especificamente o verde de malaquita e o soro do leite, comparando-os com os resultados controle, com a finalidade de validar padronização alcançada no desenvolvimento deste trabalho.
Abstract: Nowadays, tomatoes are one of the best known and most consumed vegetables in the world and are grown in tropical, subtropical and temperate regions. Due to the growing importance for agriculture and commercial interest, tomato germination / growth has been studied. Several internal and external factors can interfere with seed germination and seedling growth, such as the light intensity that can interfere positively or negatively. The objective of this work is to standardize a methodology for effluent ecotoxicity evaluation using tomato seeds (Solanum lycopersicum L.; Solanaceae), being four different cultivars (Carolina, Yashi, Kada and Chapolin), observing the development of irrigated seedlings with effluents, optimizing operational parameters. The main parameters evaluated will be light intensity, daily amount of water in the irrigation process and substrate (soil) / plant ratio in the crop. The variables analyzed will be the percentage of seed germination, shoot and root length produced by each cultivar. With the best values obtained in the standardization, ecotoxicological tests will be performed with chemical and agroindustrial effluents, specifically malachite green and whey, comparing them with the control results, in order to validate standardization achieved in the development of this work.
Palavras-chave: Bioindicador
Bioensaio
Soluções testes
Toxicidade
Bioindicator
Bioassay
Test solutions
Toxicity
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Alagoas
Sigla da Instituição: UFAL
metadata.dc.publisher.department: Curso de Química
Citação: Gonçalves, Andreza Heloiza da Silva. Padronização do cultivo de plântulas de tomate (Solanum lycopersicum L.) em laboratório para aplicação em teste ecotoxicológico. 2022. 55 f. Monografia (Trabalho de conclusão de curso em Química : Licenciatura) – Instituto de Química e Biotecnologia, Curso de Graduação em Química, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2019.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/jspui/handle/123456789/8536
Data do documento: 6-set-2019
Aparece nas coleções:Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) - Graduação - QUÍMICA - IQB



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.