00 CAMPUS ARISTÓTELES CALAZANS SIMÕES (CAMPUS A. C. SIMÕES) CEDU - CENTRO DE EDUCAÇÃO Dissertações e Teses defendidas na UFAL - CEDU
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufal.br/jspui/handle/123456789/9729
Tipo: Tese
Título: Ciência por meio da cultura otaku: uma análise da circulação do conhecimento em animes
Título(s) alternativo(s): Science through otaku culture: an analysis of the circulation of knowledge in anime
Autor(es): Rodrigues, Aleilson da Silva
Primeiro Orientador: Francisco Junior, Wilmo Ernesto
metadata.dc.contributor.referee1: Fireman, Elton Casado
metadata.dc.contributor.referee2: Mercado, Luis Paulo Leopoldo
metadata.dc.contributor.referee3: Silva, Erivanildo Lopes da
metadata.dc.contributor.referee4: Soares, Marlon Herbert Flora Barbosa
Resumo: Na atualidade, a difusão da cultura pop japonesa no planeta é intensa e alcança um público grande desde a década de 1980, que se autodenomina otaku, diverso e multicultural, que interage e convive, em grande parte virtualmente, tendo como instrumentos de mediação os animes e produtos derivados destes, como vestimentas, jogos e mangás. Observamos o crescimento desse público mundial, de diversas faixas etárias, bem como acompanhamos preliminarmente os próprios enredos dos animes e buscamos na literatura trabalhos que reconheçam e legitimidade desses produtos culturais audiovisuais nos processos comunicativos, na formação de grupos sociais, com identidade própria, entrelaçada com as diversas culturas. A partir desse olhar para o conteúdo dos animes, os sujeitos que os consomem e dos estudos sobre o acesso dos diversos sujeitos ao conhecimento das ciências, que segue a perspectiva da Enculturação Científica, construímos uma asserção inicial de que através desses produtos e das interações a partir deles, é possível comunicar ciência e permitir a construção conceitual, a noção da investigação científica, da ciência e tecnologia, a postura responsável e tomada de decisão. O objetivo do estudo foi identificar e caracterizar ações no processo de circulação do conhecimento científico em animes. Defendemos que há um processo de enculturação científica e circulação intercoletiva do conhecimento científico nos grupos otaku, que consomem os animes, que tem potencial para a divulgação científica e para a educação científica formal, não-formal e informal, mas que esse processo carece de reflexões e organização de um arcabouço teórico-metodológico, para que esses produtos sejam utilizados na difusão do conhecimento científico. Para tanto foi organizada uma estrutura metodológica de abordagem mista, de objetivo descritivo, para ingressar no universo cultural otaku e levantar elementos desse universo, confrontando os produtos consumidos e a interação a partir desse conteúdo. Foi realizado um estudo do conteúdo de seis animes, sendo três de ampla divulgação nas últimas duas décadas e três de divulgação mais recente, porém com nítida proposta de discussão de conteúdo científico. Foram acompanhados os episódios, capturado o conteúdo científico e submetidos à análise de conteúdo. Como principais resultados, sumarizamos a presença e abordagem de elementos da natureza da ciência, como a representação de cientistas e da investigação científica, de modos peculiares e abrangendo diferentes direcionamentos, bem como a apresentação de conceitos e referências a conceitos científicos, com menções, explicações e associação entre atividade verbal e imagens, além de elementos da pseudociência. Ambos os resultados dialogam com a perspectiva da circulação intercoletiva do conhecimento entre sujeitos cientistas e não cientistas, que constituem a sociedade e se aproxima das discussões do referencial de Ludwick Fleck, adotado para a interpretação dos dados.
Abstract: Currently, the diffusion of Japanese pop culture on the planet is intense and reaches a large audience since the 1980s, which calls itself otaku, diverse and multicultural, which interacts and coexists, largely virtually, getting anime as mediation instruments and products derived from them, such as clothing, games and manga. We observe the growth of this world public, from different age groups, as well as we preliminarily follow the own plots of the anime and search in the literature for works that recognize the legitimacy of these audiovisual cultural products in communicative processes, in the formation of social groups, with their own identity, intertwined with the different cultures. From this perspective at the content of anime, people who consume them and from studies on the access of different subjects to the knowledge of science, which follows the perspective of Scientific Enculturation, we build an initial assertion that through these products and the interactions the from them, it is possible to communicate science and allow the conceptual construction, the notion of scientific investigation, science and technology, responsible posture and decision making. The objective of the study was identify and characterize actions in the process of circulation of scientific knowledge in anime. We argue that there is a process of scientific enculturation and inter-collective circulation of scientific knowledge in otaku groups, that consume anime and has the potential for scientific dissemination and for formal, non-formal and informal scientific education, but this process lacks reflections and organization of a theoretical-methodological framework, to these products being used in the dissemination of scientific knowledge after that. For this purpose, a methodological structure with a mixed approach with a descriptive objective was organized to access the otaku cultural universe and catalog elements of this universe, in order to confront the products consumed and the interaction based on this content. A study of the content of six anime was carried out, three of them were widely publicized in the last two decades and the other three were more recent dissemination, however having a clear proposal for a discussion of scientific content. The episodes were monitored, the scientific content was captured and submitted to content analysis. As main results, we summarize the presence and the approach of elements of the nature of science, such as the representation of scientists and scientific investigation, in peculiar ways and covering different directions, as well as the presentation of concepts and references to scientific concepts, with mentions, explanations and association between verbal activity and images, in addition to the elements of pseudoscience. Both results dialogue with the perspective of the inter-collective circulation of knowledge between scientific and non-scientific subjects that constitute society and approximate the discussions of Ludwick Fleck's framework, adopted for the interpretation of data.
Palavras-chave: Otaku
Enculturação Científica
Conhecimento científico
Anime.
Scientific knowledge
Scientific Enculturation
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Alagoas
Sigla da Instituição: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citação: RODRIGUES, Aleilson da Silva. Ciência por meio da cultura otaku: uma análise da circulação do conhecimento em animes. 2022. 220 f. Tese (Doutorado em Educação) – Centro de Educação, Universidade Federal de Alagoas, Alagoas, 2022.
Tipo de Acesso: Acesso Embargado
URI: http://www.repositorio.ufal.br/jspui/handle/123456789/9729
Data do documento: 8-jul-2022
Aparece nas coleções:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - CEDU

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Ciência por meio da cultura otaku - uma análise da circulação do conhecimento em animes.pdf
  Until 2023-09-23
2.54 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.