00 CAMPUS ARISTÓTELES CALAZANS SIMÕES (CAMPUS A. C. SIMÕES) IEFE - INSTITUTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) - GRADUAÇÃO - IEFE Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) - Graduação - EDUCAÇÃO FÍSICA - IEFE
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufal.br/jspui/handle/riufal/7619
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: O impacto da hidratação sobre a contagem de células sanguíneas em ciclistas submetidos a exercício
Título(s) alternativo(s): The impact of hydration on cell counting bloods in cyclists subject to exercise
Autor(es): Silva Júnior, Marcos Cezar Pitombo da
Primeiro Orientador: Prado, Eduardo Seixas
metadata.dc.contributor.referee1: Dantas, Maria do Socorro Meneses
metadata.dc.contributor.referee2: França, Thássia Casado Lima
Resumo: A realização de exercício físico pode trazer benefícios à saúde e ao sistema imunológico. O sistema imunológico é um sistema de defesa, que protege o nosso organismo contra microrganismos invasores. O estado de hidratação do indivíduo é primordial para a prática de atividades físicas, e para impedir problemas de saúde. Um indivíduo desidratado e em estresse físico elevado, parece gerar um distúrbio maior na função das células imunes. Objetivo: verificar o impacto da hidratação na contagem de leucócitos e subpopulações em exercício físico prolongado, até à exaustão. Métodos: O estudo foi composto por 16 ciclistas atletas (38,7 ± 14,6 anos; 70,3 ± 5,5 kg; 170,6 ± 5,5 cm; 10,2 ± 4,3 %G), do sexo masculino. Os ciclistas executaram uma sessão de 30 minutos de exercício em cicloergômetro, seguidas de um teste incremental máximo (TIM), em uma sala climatizada a ~ 25 oC. Houve coleta sanguínea antes da sessão de exercício (momento 0; M0), após 30 minutos da sessão de exercício (momento 1; M1) e logo após o esforço máximo (momento 2; M2). Resultados: Foi observada uma diferença significativa na contagem de leucócitos entre M0 (5,8 ± 0,5 x 103 /mm3) e M1 (8,8 ± 0,8 x 103/mm3), e M0 (5,8 ± 0,5 x 103/mm3) e M2 (9,8 ± 0,7 x 103/mm3) dentro do grupo mais desidratado (+DES) (P < 0,05). No grupo menos desidratado (–DES) somente houve diferença entre M0 (6,8 ± 0,5 x 103/mm3) e M1 (8,8 ± 0,9 x 103/mm3) (P < 0,05). Nos granulócitos houve uma diferença significativa entre o M0 (1,6 ± 0,3 x 103/mm3) e M1(2,4 ± 0,5 x 103 /mm3 ), e entre o M0 (1,6 ± 0,3 x 103 /mm3) e M2 (2,7 ± 0,5 x 103/mm3) no grupo +DES. Nos linfócitos aconteceu um aumento e uma diferença significativa entre M0 e M1 e entre o M0 e o M2 (+DES) (P < 0,05). No grupo (–DES) houve diferença significativa entre M0 e M1. E os monócitos tiveram um aumento, e uma diferença significativa entre o M0 e o M1, M0 e M2, M1 e M2 (+DES) (P < 0,05). No grupo (-DES) houve diferença significativa entre M0 e M1, M0 e M2 (P < 0,05). Conclusão: O exercício prolongado, até à exaustão, induz um aumento mais acentuado no número de leucócitos circulantes e subpopulações ao maior nível de desidratação.
Abstract: Physical exercise can benefit health and the immune system. The immune system is a defense system, which protects our body against invading microorganisms. The hydration status of the individual is essential for the practice of physical activities, and to prevent health problems. An individual dehydrated and in high physical stress, seems to generate a greater disturbance in the function of immune cells. Objective: to verify the impact of hydration on the leukocyte count and subpopulations in prolonged physical exercise, until exhaustion. Methods: The study consisted of 16 athlete cyclists (38.7 ± 14.6 years; 70.3 ± 5.5 kg; 170.6 ± 5.5 cm; 10.2 ± 4.3% G), from male. Cyclists performed a 30-minute exercise session on a cycle ergometer, followed by a maximum incremental test (TIM), in an air-conditioned room at ~ 25 oC. Blood was collected before the exercise session (moment 0; M0), after 30 minutes of the exercise session (moment 1; M1) and immediately after the maximum effort (moment 2; M2). Results: A significant difference in leukocyte count was observed between M0 (5.8 ± 0.5 x 103/ mm3) and M1 (8.8 ± 0.8 x 103 / mm3), and M0 (5.8 ± 0 , 5 x 103 / mm3) and M2 (9.8 ± 0.7 x 103 / mm3) within the most dehydrated group (+ DES) (P <0.05). In the less dehydrated group (–DES) there was only a difference between M0 (6.8 ± 0.5 x 103 / mm3) and M1 (8.8 ± 0.9 x 103 / mm3) (P <0.05). There was a significant difference in granulocytes between M0 (1.6 ± 0.3 x 103 / mm3) and M1 (2.4 ± 0.5 x 103 / mm3), and between M0 (1.6 ± 0.3 x 103 / mm3) and M2 (2.7 ± 0.5 x 103 / mm3) in the + DES group. In the lymphocytes there was an increase and a significant difference between M0 and M1 and between M0 and M2 (+ DES) (P <0.05). In the group (–DES) there was a significant difference between M0 and M1. And monocytes had an increase, and a significant difference between M0 and M1, M0 and M2, M1 and M2 (+ DES) (P<0.05). In the group (-DES) there was a significant difference between M0 and M1, M0 and M2 (P <0.05). Conclusion: Prolonged exercise, until exhaustion, induces a more marked increase in the number of circulating leukocytes and subpopulations at the highest level of dehydration.
Palavras-chave: Exercício físico
Sistema imune
Hidratação
Desempenho atlético
Physical exercise
Imune system
Hydration
Athletic performance
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Alagoas
Sigla da Instituição: UFAL
metadata.dc.publisher.department: Curso de Educação Física
Citação: SILVA JÚNIOR, Marcos Cezar Pitombo. O impacto da hidratação sobre a contagem de células sanguíneas em ciclistas submetidos a exercício. 2020. 31 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Educação Física) - Instituto de Educação Física e Esporte, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2021.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/7619
Data do documento: 22-jan-2021
Aparece nas coleções:Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) - Graduação - EDUCAÇÃO FÍSICA - IEFE

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
O impacto da hidratação sobre a contagem de células sanguíneas em ciclistas submetidos a exercício.pdf838.32 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.