00 CAMPUS ARISTÓTELES CALAZANS SIMÕES (CAMPUS A. C. SIMÕES) CECA - CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS Dissertações e Teses defendidas na UFAL - CECA
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufal.br/jspui/handle/riufal/5975
Tipo: Dissertação
Título: Produção de biomassa microalgal a partir do soro do leite visando a produção de bioetanol.
Título(s) alternativo(s): Microalgal biomass production from whey aiming at bioethanol production.
Autor(es): Andrade, Francine Pimentel de.
Primeiro Orientador: Almeida, Renata Maria Rosas Garcia
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Silva, Carlos Eduardo de Farias
metadata.dc.contributor.referee1: Amorim, Eduardo Lucena Cavalcante de
metadata.dc.contributor.referee2: Santos, Elton Lima
Resumo: Diante do dilema do esgotamento das reservas de petróleo, a necessidade de redução da emissão de gases do efeito estufa (GEE) para a atmosfera, e a preocupação com o lançamento de efluentes urbanos/industriais/agroindustriais devidamente tratados no meio ambiente, muitos pesquisadores tem se concentrado em desenvolver tecnologias viáveis para produção de energia de fontes renováveis e ambientalmente corretas, a chamada energia verde. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a potencialidade da produção de bioetanol a partir da biomassa da microalga Tetradesmus sp. LCE-01 produzida através do cultivo mixotrófico em biorreator aberto associado a contaminantes naturais utilizando águas residuais geradas a partir da produção de queijo (soro do leite). As condições de cultivo ocorreram em diferentes concentrações de soro do leite, 0,5, 1, 2 e 4%, e diferentes intensidades de luz (50 e 100 µmol fótons m-2 s-1), pH básico e agitação constante. O soro do leite foi caracterizado com elevados teores de DQO (cerca de 88.000 mg L-1), Nitrogênio Total (em torno de 1500 mg L-1) e Fósforo (de 1800 mg L-1 em forma de fosfato). O aumento da concentração e maior intensidade de luz foram positivos na remoção de DQO (90%) e produção de biomassa (os máximos de peso seco da biomassa atingiram valores entre 500-600 mg L-1). Foi verificado que a presença de bactérias não inibiu o crescimento das microalgas. Melhores taxas de remoção de Nitrogênio Total (80-85%) foram obtidas nos ensaios com menor intensidade de luz. Quase 100% de remoção de Fósforo Total foram alcançados nos ensaios com maior luminosidade e menor concentração. O teor de nitrogênio e fósforo em biomassa variou entre 3-13% e 1-4,5%, respectivamente. A simulação da produtividade máxima de etanol a partir da biomassa de microalga residual (60% de carboidratos) variou entre 6-10 mil L ha-1 ano-1. Os resultados mostraram a alta potencialidade da Tetradesmus sp. na remediação de efluente lácteo e como matéria prima para produção de bioetanol.
Abstract: From the dilemma of the depletion of oil reserves, the need to reduce greenhouse gas (GHG) emissions to the atmosphere, and the concern with the release of properly treated urban/ industrial/agro-industrial effluents, many researchers have focused on developing viable technologies for producing energy from renewable and environmentally friendly sources, called green energy. In this context, the focus of this work was to evaluate the potentiality of bioethanol production from the microalgae Tetradesmus sp. LCE-01 produced through open bioreactor mixotrophic cultivation associated with natural contaminants using wastewater generated from cheese production (whey). Cultivation conditions occurred at different effluent concentrations, 0.5, 1, 2 and 4% (organic load), and different light intensities (50 and 100 µmol photons m-2 s-1), basic pH and constant agitation. Whey was characterized by high levels of COD (about 88,000 mg L-1), Total Nitrogen (about 1500 mg L-1) and Phosphorus (1800 mg L-1 in phosphate form). Increased concentracion and higher light intensity were positive in COD removal (90%) and biomass production (maximum dry weight of the biomass reached values between 500-600 mg L-1). It was verified that the presence of bacteria did not inhibit the growth of microalgae. Better of Total Nitogen removal rates (80-85%) were obtained in lower light intensity assays. Almost 100% of Total Phosphorus removal were achieved in the higher light intensity and lowest concentration assays. Nitrogen and phosphorus content in biomass ranged from 3-13% to 1-4.5%, respectively. The simulation of the maximum ethanol yield from residual microalgae biomass (considering 60% carbohydrate in dry biomass) ranged from 6-10 thousand L ha-1 year-1. The results showed the high potentiality of Tetradesmus sp. in the remediation of whey and as raw material for bioethanol production.
Palavras-chave: Tetradesmus sp
Remediação
Tratamento de Efluentes
Mixotrofia
Bioetanol - Produção
Remediation
Effluent Treatment
Mixotrophy
Bioethanol - Production
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Alagoas
Sigla da Instituição: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Mestrado Profissional em Energia da Biomassa
Citação: ANDRADE, Francine Pimentel de. Produção de biomassa microalgal a partir do soro do leite visando a produção de bioetanol. 2019. 24 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Energia da Biomassa) – Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Energia da Biomassa, Universidade Federal de Alagoas, Rio Largo, 2019.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/5975
Data do documento: 6-ago-2019
Aparece nas coleções:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - CECA

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Produção de biomassa microalgal a partir do soro do leite visando a produção de bioetanol.pdf2.22 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.