Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/736
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Desenvolvimento turístico e o desenvolvimento local no município de Maragogi, Alagoas
Other Titles: Tourism development and local development of Maragogi, Alagoas
metadata.dc.creator: Kaspary, Manuela Grace de Almeida Rocha
metadata.dc.contributor.advisor1: Araújo, Lindemberg Medeiros de
metadata.dc.contributor.referee1: Coriolano, Luzia Neide Menezes Teixeira
metadata.dc.contributor.referee2: Faria, Geraldo Majela Gaudêncio
metadata.dc.contributor.referee3: Ferrare, Josemary Omena Passos
metadata.dc.description.resumo: Este estudo busca entender se a inserção da atividade turística no município de Maragogi, Alagoas, contribuiu para o desenvolvimento local, expresso por uma melhoria na qualidade de vida dos habitantes preexistentes à inserção do turismo neste município. Maragogi vem passando por diversas transformações socioespaciais ao longo das últimas décadas associadas ao desenvolvimento turístico que se inseriu localmente como resultado da perda do isolamento geográfico pela construção da rodovia AL-101 Norte. Com efeito, populações tradicionalmente pesqueiras vêm sendo expropriadas da sua condição territorial para dar vazão à espacialização de empreendimentos turísticos. As políticas públicas federais do turismo elegeram esta atividade como vetor de desenvolvimento da região Nordeste do Brasil, tendo em vista a sua alegada capacidade de dinamizar a economia, ampliar o mercado de trabalho e contribuir para melhorar a renda dos lugares. No entanto, a frequente perda territorial, a limitada inserção dos residentes no mercado de trabalho, e o crescimento de problemas urbanos -aumento do lixo, tráfego, barulho, criação de bolsões de pobreza, entre outros - demonstram que o reflexo do desenvolvimento do turismo no território nem sempre é positivo. Este contexto, compartilhado com inúmeras destinações da zona costeira nordestina, permite se sugerir um descompasso entre o discurso do desenvolvimento com base no turismo e a realidade empírica em tais municípios. Nesse sentido, para examinar a situação da destinação Maragogi, adotou-se uma abordagem qualitativa de pesquisa. Inicialmente, estabeleceu-se um referencial teórico com base nos conceitos de turismo, desenvolvimento, território e qualidade de vida. A coleta de dados foi realizada com base em documentos oficiais (sites e impressos), com um recorte temporal de trinta anos, entrevistas abertas, observação e levantamento fotográfico. Os resultados apontam os efeitos do turismo são reflexo de duas tipologias turísticas existentes no território, uma excludente e segregadora -a segunda residência- e a outra que vem apresentando uma maior relação com o entorno e desencadeando efeitos positivos e negativos -o turismo de \"sol e mar\". Os habitantes reconhecem apenas a tipologia de \"sol e mar \" como \'verdadeiro\' turismo e o percebe como o responsável pelas melhorias na sua qualidade de vida e pelo desenvolvimento que estaria ocorrendo em Maragogi. Entretanto, há também evidências segundo as quais os efeitos positivos do turismo nas condições de vida dos entrevistados ocorreram apenas de forma pontual, sem contribuir de forma abrangente para o desenvolvimento, quando se extrapola a análise para além da dimensão estritamente econômica.
Abstract: This study examines if tourism development in the municipality of Maragogi, Brazil, has contributed to local development measured based on the eventual contribution of tourism to improvements in the quality of life in the host communities. Maragogi has gone through wide socio-spatial changes over the last decades resulting from tourism development. In fact, traditional fishermen communities have often been displaced from their land to give way to tourism equipments. Brazil\'s federal government has elected tourism as an instrument for the development of the country\'s North-east region based on tourism\'s alleged capacity to boost the economy, to create jobs, and to improve the income of the population of host communities. However, the displacement of poor residents, poorly-trained workers, and increasing urban problems - such as garbage, traffic, noise, the creation of enclaves of have-nots, among other problems - show that the contribution of tourist activities for local development has been relative. Such context, similar to many other destinations in the North-east of Brazil, reveals a gap between the rhetoric that has been used both by the government and the private sector of tourism as a development inductor and the empirical reality of many municipalities. The study used a qualitative approach in order to examine the case of Maragogi. The theoretical approach was derived from the concepts of tourism, development, territory, and quality of life. Data collection instruments included the examination of official documents, open interviews, field observation and a photographic survey in order to understand the local changes that Maragogi has experienced over the last thirty years. Results provide evidence that tourism development has had two main types of influences in the host communities of Maragogi. On such type - the influence of second homes - has excluded local interests from development benefits, and the other type - the influence of sun and sea tourism - has caused both positive and negative impacts. Local residents recognize the sun and sea tourism as being the \"true\" tourism, which is often seen as being responsible for improvements in their quality of life and for the development that Maragogi has experienced over the last years. However, there is also evidence that the local benefits that have been delivered by tourist activities, with improvements in the quality of life of residents, are not widely spread in the communities. In fact, tourism benefits do not appear to be significant when the analysis includes several dimensions other than strictly the economic aspect.
Keywords: Maragogi (AL) - Tourism
Maragogi (AL) - Development
Maragogi (AL) - Quality of life
Maragogi (AL) - Turismo
Maragogi (AL) - Desenvolvimento
Maragogi (AL) - Qualidade de vida
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.department: Dinâmicas do Espaço Habitado
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo
Citation: KASPARY, Manuela Grace de Almeida Rocha. Tourism development and local development of Maragogi, Alagoas. 2012. 159 f. Dissertação (Mestrado em Dinâmicas do Espaço Habitado) - Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2012.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufal.br/handle/riufal/736
Issue Date: 23-Apr-2012
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - FAU

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ManuelaGraceDeAlmeidaRochaKaspary_2012.pdf2.11 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.