Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/513
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Novos letramentos e ensino de língua inglesa : uma pesquisa-ação em comunidades de baixa renda
Other Titles: New literacies and the teaching of English : an action research in low income communities
metadata.dc.creator: Bezerra, Selma Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Ifa, Sergio
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Tavares, Roseanne Rocha
metadata.dc.contributor.referee1: Montemór, Walkyria
metadata.dc.description.resumo: Este estudo tem como objetivo investigar o processo de ensino-aprendizagem de alunos de duas comunidades de baixa renda da cidade de Maceió durante um semestre letivo. O semestre em questão teve como foco o ensino da língua inglesa com ênfase nos novos letramentos visando desencadear uma consciência crítica sobre os temas discutidos. A metodologia de pesquisa escolhida foi à pesquisa-ação (ANDRÉ, 2004), e os procedimentos utilizados para a coleta dos dados foram notas de campo, questionário, entrevista, gravações em áudio e vídeo. A fundamentação teórica se baseou nos pressupostos da Linguística Aplicada e nos conceitos dos novos letramentos (NEW LONDON GROUP,1996; COPE & KALANTZIS,2008), da pedagogia crítica (FREIRE, 2005; KRAMSCH, 1993) e da produção responsiva ativa (ZOZZOLI, 2006). Os resultados sinalizam que a condução das três atividades desenvolvidas com nuances dos novos letramentos promoveu a participação dos alunos com posicionamentos conscientes e alguns críticos. Cada atividade trabalhou com um tipo de design (NEW LONDON GROUP, 1996). A primeira objetivou a produção de uma apresentação na qual os participantes teriam, inicialmente, que analisar o contexto de algumas imagens (design visual) para depois escolher os elementos linguísticos apropriados (design linguístico); a segunda objetivou o uso de sítios de relacionamento para a produção de um perfil, a atividade envolvia também a escolha de elementos linguístico adequados (design linguístico); a terceira atividade tinha como objetivo a produção de um slogan (design linguístico) através das imagens de um vídeo (design visual), que trazia alguns temas sociais (violência, preservação ambiental, abuso sexual) nos quais os alunos tiveram que construir seus posicionamentos e escrever a respeito. Os resultados também indicam que a professora-pesquisadora passou por um intenso processo de auto-reflexão. Ela está mais consciente sobre o seu tempo de fala nas aulas e sente-se mais confiante na condução das atividades e nas tomadas de decisão.
Abstract: This study aims at investigating what kind of teaching-learning process Brazilian students go through when they learn English with focus on New Literacies for a semester in 2010. The students are from two poor communities in Maceió, in the state of Alagoas. The methodological approach was based on action research (ANDRÉ, 2004) and the collecting data procedures were field notes, questionnaires, interviews recorded in audio and video. The theoretical underpinnings were based on Applied Linguistics assumptions and on some concepts such as, new literacies (NEW LONDON GROUP,1996;COPE & KALANTZIS,2008), critical pedagogy (KRAMSCH, 1993) and active responsive production (ZOZZOLI, 2006). The results reveal that using the three activities developed in the classroom within the New Literacies pedagogy made the students participate consciously and sometimes critically. Each activity aimed at working with a different design (NEW LONDON GROUP, 1996). The first activity was for the students to produce a presentation in which students should first analyze the context of some images (visual design) in order to choose appropriate linguistic elements (linguistic design); the second one was meant to use relationship websites in order to write a profile, the task also demanded students to choose adequate linguistic elements (linguistic design); the third one aimed at producing a slogan (linguistic design) through analyzing video images (visual design) that dealt with social topics (violence, sexual abuse and environmental preservation) in which students had to build up their arguments and write about them. The results also reveal that the teacher-researcher has undergone a self-reflection process. She is more aware of her teacher talking time in classroom and feels more confident when she conducts activities in classroom and when she has to take instant decisions.
Keywords: New literacies
Critical awareness
Poor communities
Action research
Novos letramentos
Consciência crítica
Comunidade de baixa renda
Pesquisa-ação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.department: Linguística; Literatura Brasileira
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística
Citation: BEZERRA, Selma Silva. New literacies and the teaching of English : an action research in low income communities. 2011. 116 f. Dissertação (Mestrado em Linguística; Literatura Brasileira) - Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2011.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufal.br/handle/riufal/513
Issue Date: 19-Aug-2011
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - FALE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_SelmaSilvaBezerra_2011.pdf13,7 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.