Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/1170
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação da atividade antimicrobiana, citotóxica e capacidade sequestradora de radicais livres de extratos brutos do Cocos nucifera Linn
Título(s) alternativo(s): Evaluation of antimicrobial and cytotoxicity activity and free radical scavenging capacity of crude extracts of cocos nucifera Linn
Autor(es): Figueira, Cristiane do Nascimento Tavares
Primeiro Orientador: Bastos, Maria Lysete de Assis
Primeiro Coorientador: Campesatto, Eliane Aparecida
Primeiro Membro da Banca: Araújo, Ednaldo Cavalcante de
Segundo Membro da Banca: Lúcio, Ingrid Martins Leite
Resumo: Cocos nucifera Linn. é uma palmeira tropical cujo fruto é utilizado para fins alimentícios, cosméticos, artesanais e medicinais. No entanto, a investigação das demais partes desta espécie é incipiente. Pesquisas sobre atividades terapêuticas de plantas usadas pela população são incentivadas pela Organização Mundial de Saúde e no Brasil, fomentada por 10 mil espécies vegetais catalogadas e apenas 10% avaliadas com relação a suas atividades biológicas e segurança. A Resolução do Conselho Federal de Enfermagem nº 197/1997 respalda o uso de plantas na prática da assistência em Enfermagem e atrelado à necessidade de alternativas diante da multirresistência microbiana e doenças oxidativas que são agravos contemporâneos da humanidade, realizou-se esta pesquisa experimental pré-clínica no programa de Mestrado em Enfermagem da Universidade Federal de Alagoas, com objetivo de investigar a atividade antimicrobiana, citotóxica e capacidade sequestradora de radicais livres dos extratos brutos etanólicos das folhas, pecíolo e casca do caule do Cocos nucifera L. (coqueiro anão verde) in vitro. Foram avaliadas as atividades antimicrobianas dos extratos frente às bactérias Gram positiva: S. aureus e Gram negativas: E. coli e P. aeruginosa e ao fungo Candica albicans pelos métodos de difusão em Ágar e identificação das Concentrações Inibitórias Mínimas pela microdiluição. Realizou-se teste de citotoxicidade em células da linhagem J774 pelo MTT [Brometo de 3-(4,5-dimetiltiazol-2)-2,5-difeniltetrazolio] e verificação do potencial antioxidante pelos métodos qualitativo e quantitativo da capacidade sequestradora de radicais livres. Os resultados confirmaram o potencial antioxidante frente ao radical sintético DPPH com CI50 de 135,03 ± 0,04 µg/mL e 179,22 ± 2,1 µg/mL dos extratos do caule e folha respectivamente, enquanto os extratos do pecíolo e folha etanólica/metanólica (EtOH/MeOH) apenas apresentaram capacidade sequestradora de radicais livres no ensaio qualitativo. Os extratos do pecíolo e folha do Cocos nucifera L. inibiram o crescimento bacteriano de S. aureus e P. aeruginosa com menor concentração inibitória do crescimento 10mg (5%). Não houve inibição do crescimento de E. coli e C. albicans na concentração de 1,5 x 106 UFC pelos extratos a 10%. Os extratos brutos do C. nucifera Linn. não apresentaram citotoxicidade nas concentrações de 200 e 100 µg /mL; o extrato bruto etanólico do pecíolo não causou citotoxicidade na concentração de 1000 µg/mL. O solvente DMSO 2% foi citotóxico, o que inviabilizou a análise dos extratos a 2000µg. Os resultados comprovam a existência de atividade sequestradora de radicais livres, antimicrobiana e a ausência de citotoxicidade em alguns dos extratos brutos das folhas (lâmina), pecíolo e casca do caule do Cocos nucifera Linn coletado em solo Alagoano
Abstract: Cocos nucifera Linn is a tropical palm tree whose fruit is used for alimentary, cosmetics, handmade and medicinal purposes. However the research from other parts of this species is incipient. The researchs about therapeutic activities from plants used by population is encouraged by the Health World Organisation and, in Brazil, fomented by 10 thousand vegetable species cataloged and only 10% evaluated with respect to their biological activities and safety. The resolution No. 197/1997 of the Federal Council of Nursing endorses the use of plants in the practice of nursing care and linked to the need for alternatives against microbial multirresistance and oxidative diseases which are problems contemporaries of humanity. This preclinical experimental research was performed at the Master’s Program in Nursing at the Federal University of Alagoas in order to investigate the antimicrobial activity and cytotoxicity and free radical scavenging capacity of crude ethanol extracts of the leaves, stem and stalk's husk of Cocos nucifera L. (coconut palm) in vitro. It was evaluated the extract's antimicrobial activities against the Gram positive bacteria: S. aureus and Gram negative: E. coli and P. aeruginosa and C. albicans fungus by Àgar diffusion methods and identification of the Minimum Inhibitory Concentrations by microdilution. It was performed cytotoxicity assay in J774 lineage cells by MTT [3 - (4,5-dimethylthiazol-2) -2,5-diphenyltetrazolium bromide] and verification of the antioxidant potential by qualitative and quantitative methods of free radical scavenging ability. The results confirmed the antioxidant potential against the DPPH with CI50 of 135.03 ± 0.04 mg / mL and 179.22 ± 2.1 mg / mL from extracts of stem and leaf respectively while stem and ethanolic and methanolic leaf only showed free radical scavenging capacity in qualitative assay. The extracts of stem and leaves of the Cocos nucifera L. inhibited bacterial growth of S. aureus and P. aeruginosa with lower growth inhibitory concentration of 10mg (5%). There was no growth inhibition of E. coli and C. albicans at a concentration of 1.5 x 106 UFC with extracts by 10%. The crude extracts of Cocos nucifera Linn didn't showed cytotoxicity at concentrations of 200 and 100 mg / mL; crude ethanol extract of the stem did not cause cytotoxicity at concentration of 1000 mg / mL. The DMSO 2% solvent was cytotoxic, making unfeasible analysis of the extracts at 2000μg. The results confirm existence of free radical scavenging and antimicrobial activity and absence of cytotoxicity in some of crude extracts of the leaves, stem and stalk's husk of the Cocos nucifera Linn collected in Alagoas soil
Palavras-chave: Enfermagem
Pesquisa experimental
Cocos nucifera Linn
Antioxidantes
Antimicrobiano
Citotoxicidade
Plantas medicinais
Nursing
Experimental research
Coconuts. Antioxidants
Antimicrobial
Toxicity
Medicinal plants
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Alagoas
Sigla da Instituição: UFAL
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
Citação: FIGUEIRA, Cristiane do Nascimento Tavares. Avaliação da atividade antimicrobiana, citotóxica e capacidade sequestradora de radicais livres de extratos brutos do Cocos nucifera Linn. 2012. 120 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) – Escola de Enfermagem e Farmácia, Programa de Pós Graduação em Enfermagem, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2012
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufal.br/handle/riufal/1170
Data do documento: 21-Dez-2012
Aparece nas coleções:ESENFAR - Escola de Enfermagem e Farmácia



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.