Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/1131
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Unidades de conservação como política de proteção à biodiversidade : uma caracterização perceptiva de grupos sócioculturais do entorno da APA do Catolé e Fernão Velho, estado de Alagoas
Other Titles: Natural protected areas as biodiversity protection policies: perceptive characterization of sociocultural groups from the surrounding of the EPA of Catolé and Fernão Velho, State of Alagoas, Brazil
metadata.dc.creator: Silva, Gilda Acioli da
metadata.dc.contributor.advisor1: Montenegro, Sineide Correia Silva
metadata.dc.contributor.referee1: Marques, José Geraldo Wanderley
metadata.dc.contributor.referee2: Araújo, Lindemberg Medeiros de
metadata.dc.contributor.referee3: Bastos Filho, Jenner Barretto
metadata.dc.description.resumo: Atualmente o mundo vem vivenciando uma acelerada destruição dos ambientes naturais, os quais têm sido drasticamente modificados pelas diferentes culturas que têm habitado a terra. A discussão em torno das poucas áreas protegidas que resguardam a biodiversidade conduz a reflexões sobre o que tem sido feito para se preservar o que ainda resta no planeta. Nesse sentido, a maioria das nações preocupadas com o estado de degradação ambiental vem estabelecendo medidas legais para proteger os seus ecossistemas naturais. A apropriação e descaso do ser humano em relação ao uso indiscriminado dos recursos naturais do planeta têm sido efetuados de forma egoísta, sem considerar que se trata de um bem pertencente a todas as gerações. Contra isto deve ser enfatizado a criação de Unidades de Conservação (UC s) incluídas em duas diferentes categorias: 1- unidades de proteção integral, 2- unidades de uso sustentável.Uma delas é a Área de Proteção Ambiental APA, que é classificada na categoria de uso sustentável. A APA do Catolé e Fernão Velho, criada pela Lei Estadual nº. 5.347 de 27 de maio de 1992, a APA do Catolé e Fernão Velho é uma UC criada do Estado de Alagoas, sendo incluída na categoria de uso sustentável. Assim como a maioria das UCs criadas, essa APA se encontra em situação de risco decorrente de várias ações antrópicas negativas tanto no seu interior como no seu entorno. Considerando esta situação foi efetuado este estudo que teve como objetivo geral fazer uma avaliação ambiental das várias atividades relacionadas ao uso e a ocupação do solo do entorno imediato da Mata do Catolé levando em consideração os riscos à biodiversidade. A dissertação está estruturada em três capítulos: capítulo I, inclui a fundamentação teórica da pesquisa tomando-se por pressupostos (1) a conservação ambiental como política de proteção à biodiversidade e (2) a gestão participativa como instrumento do desenvolvimento sustentável; capítulo II, destaca-se a importância do desenvolvimento de pesquisas em Unidades de Conservação e no capítulo III, apresenta-se e discutem-se os resultados da pesquisa de campo que incluiu os tipos de impactos ambientais negativos e a caracterização perceptiva de cinco grupos sócio-culturais da APA e de seu entorno. Para avaliar o estado atual de funcionamento das UC´s em Alagoas foram realizadas, inicialmente (fevereiro/2005) entrevistas com os responsáveis pela gestão de UC´s federais (IBAMA) e estaduais (IMA), com objetivos de diagnosticar se o funcionamento atendia à legislação e de identificar as dificuldades existentes em seus gerenciamentos. No período de julho de 2005 a julho de 2006 foram realizadas 10 visitas a fim de serem feitos os registros das alterações ambientais. ... Participaram da pesquisa cinco grupos sócio-culturais: (1) gestores (2) pesquisadores; (3) professores e (4) alunos do Colégio Estadual Onélia Campelo e (5) moradores do entorno. Tendo sido aplicados questionários com conteúdos diferentes. Para os gestores buscou-se dados para se fazer uma avaliação das UC s de Alagoas, para os professores, os tópicos relevantes foram: a) nível de conhecimento sobre a mata próxima à escola; b) inclusão da mata como conteúdo trabalhado em sala de aula; c) descrição da paisagem, fauna e flora. Solicitou-se aos alunos que: a) elaborassem desenhos sobre a mata, seus animais e plantas; b) emitissem opiniões sobre a importância de preservar a mata. Os tópicos apresentados aos moradores, enfocavam: a) os animais avistados na mata; b) o tipo de sentimento em relação aos mesmos; e c) a importância da preservação da mata, O questionário aplicado aos gestores enfocava As 24 UCs legalmente constituídas em Alagoas não apresentam plano de manejo. A retração espacial do remanescente de mata da APA estudada ocorrida na última década (36%) reflete o desmatamento acelerado pela ocupação humana irregular no entorno da mata e dentro da APA. A caracterização perceptiva da mata pelos diferentes grupos sócio-culturais revelou duas visões diferenciadas: (1) uma preservacionista, a dos pesquisadores, que a consideram um santuário ecológico, e, como tal, precisa de proteção; e (2) outra utilitarista, representada pelos professores, alunos e os moradores do entorno. Os desenhos dos alunos revelaram uma mata urbanizada usada como pomar, caminho para escola e casa, lazer e local para uso de drogas. Esse estudo revela que a APA do Catolé e Fernão Velho se encontra num estado avançado de degradação tendo sido observadas atividades potencialmente comprometedoras e com riscos à biodiversidade e à qualidade ambiental da APA tanto no seu interior quanto no entorno da mata. Essas atividades têm como possíveis causas, a falta de plano de manejo, de vontade política e de informação e conscientização da importância das Unidades de Conservação para a sociedade.
Abstract: Natural protected areas as biodiversity protection policies: perceptive characterization of sociocultural groups from the surrounding of the EPA of Catolé and Fernão Velho, State of Alagoas, Brazil - Nowadays, the world is passing through out a great increasing of devastation in natural environments, which have been drastically changed by different cultures. The discussion focusing the few protected areas which retain the biodiversity leads to reflections about what have been done in order to preserve the natural resources still remaining in the planet. In this direction, most of the nations that are preoccupied on the level of environmental degradation are creating legal procedures in order to protect their natural ecosystems. The appropriation and the neglect behavior of the human being related to the indiscriminate use of the natural resources of the planet have been made on an egoistic form. There is no consideration on the property pertaining to all generations. So, alternatives arise focusing to protect the natural wealth of human kind. Amongst them, it must be emphasized the creation of natural protected areas (called in Brazil Unidades de Conservação UCs), included in two different categories: 1. integral protection and 2. sustainable use. One of them is the Área de Proteção Ambiental APA (Environmental Protected Areas - EPA), which is classified in the category of sustainable use. The EPA of Catolé and Fernão Velho was created on the State of Alagoas, in Brazil, by the Law number 5,347, in May 27, 1992. As well as the majority of the created UCs, this EPA is in risky situation due to many negative anthropic actions even on its interior as well as on its surroundings. Considering this situation was developed this study in order to do an environmental evaluation of several activities related to the soil use and occupation in the surrounding of the Catolé forest, mainly the risks to the biodiversity. The dissertation is structured on three chapters: the Chapter 1 include the theoretical background based on two points: (1) environmental conservation as policies to protect biodiversity and (2) the participative management as tool for the sustainable development; the Chapter 2 is about the importance to develop researches on UCs; in the Chapter 3 are presented and discussed the field research results, including types of environmental negative impacts and perceptive characterization by different socioeconomic groups that act in the EPA and on its near surroundings). Previously, in February 2005, interviews were carried out in order to evaluate the present conditions of the UC management in the State of Alagoas. ... In order to detect if the management attended the Laws and to identify the difficulties for this activities, the questions were applied to the managers of the federal and state UC, respectively, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) and the Instituto do Meio Ambiente (IMA) in order to record the environmental changes: (1) to detect if the management attended the Laws and (2) to identify the difficulties for their management. From July 2005 to July 2006, ten visits were done in order to record the environmental changes. Five social-cultural groups took part of this study: (1) researchers, (2) teachers and (3) students of the local school (Colégio Estadual Onélia Campelo), and (4) inhabitants of the EPA surrounding area. Questionnaires with different contents were applied. For teachers, the main topics were: a) the level of knowledge about the forest near the school; b) inclusion or forest features as didactic contents; c) description of the landscape, fauna and flora. For students, were proposed some activities: a) drawings about the forest, its animals and plants; b) personal opinions about the importance of preserving the forest. The questions for the inhabitants focused: a) the animals sawn in the forest; b) the type of feelings about them; c) their position about preserving the forest. The 24 UC legally constituted in the State of Alagoas do not have a management plan. The special retraction of the studied forest remains in the last decade (reduced to 36%) reflects the accelerated deforestation due to irregular human occupation in the forest surrounding area as well as inside the EPA. The perceptive characterization of the forest by the different socio-cultural groups shows two different points of view: (1) A preservationist one, from the researchers, which consider the EPA an ecologic sanctuary, and, though, needs to be protect; and other (2) the utilitarist one, from teachers, students and inhabitants. The draws reflects an urbanizated forest used as pomar, way to school and to go home, playing area and place for using drugs. This study shows that the EPA of Catolé and Fernão Velho is in an advanced degradation stage, as a result of pottencially comprometedoras activities that lead to risks to the biodiversity an, as a consequence, to the environmental quality of the EPA even in its interior as well as on forest surrounding area. These activities have as probable causes, lacking of a management plan, policies and, mainly, information and conscientization on natural protect areas importance for the society.
Keywords: Unidade de conservação
Desenvolvimento sustentável
Caracterização perceptiva
Impacto ambiental
Natural protect areas
Sustainable development
Perceptive characterization
Environmental impact
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::OUTROS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.department: Desenvolvimento sustentável Regional
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente
Citation: SILVA, Gilda Acioli da. Natural protected areas as biodiversity protection policies: perceptive characterization of sociocultural groups from the surrounding of the EPA of Catolé and Fernão Velho, State of Alagoas, Brazil. 2006. 162 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento sustentável Regional) - Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2006.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufal.br/handle/riufal/1131
Issue Date: 12-Sep-2006
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - IGDEMA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GILDA - BIBLIOTECA PDF.pdf1,96 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.