Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/1130
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Avaliação da efetividade de manejo da Estação Ecológica de Murici Alagoas.
Other Titles: Management effectiveness evoluation of the Murici Ecological Station.
metadata.dc.creator: Vasques, Henrique Carlos de Figueiredo
metadata.dc.contributor.advisor1: Calheiros, Silvana Quintella Cavalcanti
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Bastos Filho, Jenner Barretto
metadata.dc.contributor.referee1: Moura, Flávia de Barros Prado
metadata.dc.contributor.referee2: Agra, Joao Tertuliano Nepomuceno
metadata.dc.description.resumo: A criação de Unidades de Conservação tem sido a principal estratégia para a proteção dos recursos naturais e culturais em diversos países incluindo o Brasil e muito se tem progredido nos últimos anos com a criação de novas áreas protegidas em vários estados da federação inclusive em Alagoas. No entanto, para alcançar a conservação da biodiversidade não é suficiente apenas a existência de unidades de conservação, é necessário também implementá-las e manejá-las adequadamente. Por isso, torna-se necessária a avaliação sistemática do estágio de implantação e da qualidade do manejo das mesmas, que sirva de base para a definição de políticas e estratégias que permitam efetivar a sua implementação. A Estação Ecológica (ESEC) de Murici é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral, criada por decreto s/n de Maio de 2001, com o intuito de proteger um dos maiores remanescentes da Mata Atlântica do Nordeste Brasileiro. Dentro dos seus limites situa-se a Estação de Floração e Cruzamento de Serra do Ouro (EFCSO) vinculada à Universidade Federal de Alagoas (UFAL). A EFCSO dedica-se a pesquisas científicas de cruzamento e floração de cana-de-açúcar objetivando o seu beneficiamento em resistência e produtividade, produzindo sementes da maioria das variedades que se cultivam no Brasil. O fato dos experimentos científicos serem realizados com cana-deaçúcar, espécie exótica para o bioma da Mata Atlântica, tem suscitado divergência de opiniões entre o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e a UFAL quanto à viabilidade destes experimentos no interior da ESEC. Estes conflitos têm impossibilitado a sinergia entre estas duas instituições face à meta comum do desenvolvimento sustentável. Em que medida a parceria entre as duas instituições poderá contribuir para a implementação da ESEC Murici é um dos objetivos deste estudo. Para tanto foi comparada a efetividade de manejo da ESEC Murici no grau em que se encontra hoje com a efetividade de implementação num cenário em que a referida parceria já seja uma realidade. Os métodos prospectivos baseados em cenários vêm sendo amplamente utilizados para determinação do grau de efetivação de gestão das unidades de conservação. De entre estes métodos destaca-se o Rapid Assessment and Priorization of Protected Area Management (RAPPAM) desenvolvido pela WWF (Fundo Mundial para a Natureza). Este método, sendo o mais amplamente aplicado no mundo e no Brasil, foi adotado para este estudo por ser adequado para a avaliação das unidades de conservação de proteção integral. Após a aplicação do método RAPPAM, verificou-se a possibilidade de um incremento de cerca de 11 % na efetividade de manejo da ESEC Murici com a concretização da parceria.
Abstract: he creation of protected areas has been the main strategy for protecting natural and cultural resources in several countries including Brazil and has been much progress in recent years with the creation of new protected areas in several states of the federation including in Alagoas. However, to achieve biodiversity conservation the existence of protected areas is is not enough. It is also necessary to implement them and manage them properly so they can achieve their goals. Thus, it is necessary to make a systematic assessment of training deployment and quality of management of the protected area. This systematic assessment must serve as a basis for policy and strategies to increase the effectiveness of protected areas implementation. The Ecological Station (ESEC) of Murici is a conservation unit under full protection, created by decree w/n May 2001, in order to protect one of the largest remnants of Atlantic Forest in Northeastern Brazil. Within its boundaries is located the Station of sugar-cane Cross and Flowering Serra do Ouro (EFCSO), wich is linked to the Federal University of Alagoas (UFAL). The EFCSO is dedicated to scientific research of cross and flowering of sugar cane, aiming to increase its strength and productivity, EFCSO produces most of sugar cane varieties that are grown in Brazil. The fact that scientific experiments are conducted with sugar cane, an exotic species for the Atlantic Forest biome, has caused divergence of views between the Brazilian Institute of Environment and Renewable Natural Resources (IBAMA) and UFAL about the feasibility of these experiments within the ESEC. These conflicts had restrain the synergy between these two institutions face the common goal of sustainable development. The extent to which the partnership between the two institutions could contribute to the implementation of ESEC Murici is one of the objectives of this study. For that , the actual management effectiveness of ESEC Murici is compared with the effectiveness of implementation of a scenario in which this partnership is present. The prospective methods based on scenarios had been widely used for determining the degree of management effectiveness of conservation units. One of those methods is the Rapid Assessment and Priorization of Protected Area Management (RAPPAM), wich was developed by WWF (World Wide Fund for Nature). This method, being the most widely applied in the world and in Brazil, was adopted for this study because of its suitability for the assessment of conservation units under full protection. After the RAPPAM application, this study has showed the possibility of an increase of about 11% in the management effectiveness of the ESEC Murici after the implementation of the partnership.
Keywords: Meio ambiente Unidades de conservação Manejo
Recursos naturais
Biodiversidade
Proteção ambiental Murici (AL)
Environment Protected areas Management
Natural resources
Biodiversity
Environmental protection Murici (AL)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::OUTROS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Alagoas
metadata.dc.publisher.initials: UFAL
metadata.dc.publisher.department: Desenvolvimento sustentável Regional
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente
Citation: VASQUES, Henrique Carlos de Figueiredo. Management effectiveness evoluation of the Murici Ecological Station.. 2009. 178 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento sustentável Regional) - Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2009.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufal.br/handle/riufal/1130
Issue Date: 20-Mar-2009
Appears in Collections:Dissertações e Teses defendidas na UFAL - IGDEMA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_HenriqueCarlosdeFigueiredoVasques_2009.pdf1.63 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.